eiro o POVO

sexta-feira, 13 de abril de 2018

PREFEITURA DE BARROQUINHA DISCUTE AUMENTO DO PISO SALARIAL DOS PROFESSORES COM SINDICATO APEOC E CONSELHO DO FUNDEB


O Prefeito Professor Ademar se reuniu na tarde de ontem (12)  com os representantes do Sindicato APEOC, representantes do Conselho do FUNDEB, Secretaria da Educação e Procuradoria-Geral do Município para discutir as projeções de eventuais aumentos do piso dos professores da Rede Municipal de Ensino. Na reunião, foram abordadas e explanadas as projeções dos valores possíveis e os reflexos na despesa pública para o ano de 2018. Ficando acertado com o Sindicato APEOC e os representantes do Conselho do FUNDEB a apresentação de uma contraproposta na segunda-feira (16/04) ao piso nacional do magistério do Município de Barroquinha.

Martinópole

Enquanto os municípios de Chaval, Granja e Camocim concedem o reajuste do piso do magistério, Martinópole continua inerte. O poder executivo e grande maioria dos membros do legislativo municipal não vêm demostrando interesse em votar e aprovar o reajuste do piso salarial dos professores do município.

Na ultima sexta-feira, 06, dois vereadores protocolaram Ação com pedido de liminar na Comarca de Martinópole, cobrando a correção do Piso Salarial dos professores da Educação Básica do município de Martinópole. Veja (AQUI).

Ainda no inicio do corrente ano, o representante do Sindicato APEOC em Martinópole, professor Leonardo Paiva, divulgou entre os professores do município uma tabela com os vencimentos dos professores da educação básica do município já com reajuste de 6,81%, provavelmente com a perspectiva de que logo o governo municipal cumprisse com a Lei do Piso e o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Profissionais do Magistério do município de Martinópole.

Como se não bastasse tal situação, no inicio do corrente ano, o prefeito de Martinópole Júnior Fontenele, decretou a redução da Gratificação por Deslocamento (GPD), concedido aos profissionais que moram na sede e trabalham na zona rural do município.
Com Informações da Prefeitura de Barroquinha via Revista Camocim/ Carlos Jardel




Postar um comentário