eiro o POVO

domingo, 20 de maio de 2018

Prefeito acusa vereador de querer acabar com Programa PAA Leite em Martinópole, mas vereador nega.

Vereador diz que Programa PAA Leite no município precisa ser fiscalizado (Imagem: reprodução Facebook)
O Vereador João Sampaio (PSB), fez uso da tribuna na sessão ordinária desta quarta-feira, 16, na Câmara Municipal de Martinópole, para pedir que a distribuição de leite do Programa PAA Leite seja fiscalizada. Segundo o vereador, se faz necessário verificar se o leite está sendo distribuído de forma correta atendendo realmente as famílias que se enquadram no Programa.

Quem não reagiu muito bem a noticia de averiguação na distribuição do leite, foi o prefeito Júnior Fontenele (PSD), que de imediato, pediu que sua assessoria publicasse na internet nota de repúdio. Na referida nota, de cunho bem pessoal, o prefeito alega que o vereador quer montar uma CPI para acabar com o Programa do Leite no município.
Prefeito reage negativamente após vereador solicitar que Programa PAA Leite em Martinópole seja fiscalizado (Imagem: YouTube)
Através de nota publicada na internet, João Sampaio negou qualquer possibilidade de querer acabar com o Programa de Aquisição do Leite (PAA Leite). O edil reafirma que apenas pediu para que seja fiscalizada a utilização do leite, bem como a sua finalidade, se este realmente estaria atendendo à população mais carente, veja um trecho da nota abaixo.
Trecho da nota (captura de tela Facebook do Vereador João Sampaio)
Programa de Aquisição do Leite (PAA Leite)

O Programa de Aquisição do Leite (PAA Leite), também conhecido pelo seu nome mais antigo, o “Leite Fome Zero”, é uma ação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) executada em parceria com os governos estaduais do Nordeste Brasileiro e Minas Gerais. O programa é responsável pela aquisição de leite de vaca e cabra da agricultura familiar, que deve ser de produção própria dos agricultores familiares e deve cumprir os requisitos de controle de qualidade dispostos nas normas vigentes.

No Estado, o Governo do Ceará contrata organizações da agricultura familiar responsáveis por pela captação, pasteurização, envasamento e transporte do leite para as Centrais de Recebimento e os pontos de distribuição em locais pré-definidos pelos municípios. São beneficiários consumidores pessoas atendidas por entidades da rede socioassistencial e unidades da rede pública de ensino, além de famílias registradas no Cadastro Único, com prioridade para as famílias com perfil do Bolsa Família.
Saiba mais sobre o Programa acessando AQUI.
Com Informações Governo do Estado do Ceará/ Desenvolvimento Agrário




Postar um comentário