terça-feira, 9 de janeiro de 2018

CINCO HERDEIROS DE POLÍTICOS CEARENSES DEVEM SER CANDIDATOS EM 2018

De olho na herança dos pais, cinco filhos de políticos cearenses se preparam para disputar o parlamento federal na sucessão do próximo ano. Os filhos dos políticos com candidatura no gatilho dizem que pretendem seguir o exemplo dos pais na vida pública. Eles veem o capital político já conquistado pelos pais como trunfo, mas apostam também nas próprias qualidades para conquistar o eleitorado, caso suas candidaturas se concretizem.
Deputado estadual Zezinho Albuquerque e Antonio José Albuquerque
Um deles é o ex-prefeito do município de Massapê (2013-2016), e atual presidente do PP no Ceará, Antonio José Albuquerque, filho do Presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT) sendo único dos herdeiros que já ocupou um mandato eletivo. Ele desponta como uma das principais apostas do partido para a disputa por uma vaga no Congresso Nacional.

Além de Antonio José, outros quatros possíveis candidatos disputarão as eleições em 2018:
Senador Eunício Oliveira e o engenheiro civil Rodrigo Oliveira
 O engenheiro civil Rodrigo Oliveira, filho do presidente do Senador Federal, Eunício Oliveira (PMDB);
 Arnon Bezerra e Pedro Augusto Bezerra
Pedro Augusto Bezerra, filho do presidente estadual do PTB, então prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra;
O advogado Eduardo Bismarck e prefeito de Aracati, Bismarck Maia
O advogado Eduardo Bismarck, que se filiou recentemente ao PDT, filho do atual prefeito de Aracati, Bismarck Maia;
Advogado Mosiah Torgan e o ex-deputado federal Moroni Torgan
E o filho do vice-prefeito de Fortaleza, o ex-deputado federal Moroni Torgan (DEM) que assumiu, em janeiro de 2017, o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, o advogado Mosiah Torgan, também está como pré-candidato a uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Com Sobral de Prima


Postar um comentário