Ceará Acontece

terça-feira, 11 de junho de 2024

Eleições 2024: Ceará tem mais de 6,9 milhões de eleitores aptos a votar

 

Urnas eletrônicas sendo preparadas para serem enviadas as embaixadas do Brasil no exterior. Brasilia, 19-09-2018. Foto: Sérgio Lima/Poder 360

O Ceará tem 6.940.465 eleitores e eleitoras aptos/as a votar nas eleições municipais de 2024, que acontecem em 06 de outubro. O número foi divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE).

 

Em comparação ao último pleito, de 2022, houve um crescimento de quase 120 mil neste quantitativo.

 

O município de Juazeiro do Norte, no entanto, não alcançou a meta de 200 mil eleitores e soma 199.223. Portanto, não haverá segundo turno na cidade.

 

Ainda assim, o número de eleitores também aumentou em comparação ao ano de 2022: mais de 16 mil pessoas se tornaram aptas a votar.

 

“O TRE do Ceará avalia como positivo os resultados alcançados, bem como pelo empenho de cada colaboradora e cada colaborador para este propósito. Tivemos bons resultados e preparamos um cenário ideal para a conquista de metas ainda maiores no próximo ciclo eleitoral”, disse o presidente do Tribunal Eleitoral cearense, desembargador Raimundo Nonato Silva Santos.

(g1)

 

Governo anula leilão de arroz importado após indícios de irregularidade no processo

 

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou nesta terça-feira (11) que vai anular o leilão de importação de arroz, após indícios de falta de capacidade técnica e irregularidades nos vencedores.

 

O anúncio foi feito durante entrevista no Palácio do Planalto dos ministros Carlos Favaro (Agricultura) e Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar) e do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto.

 

Favaro ainda anunciou que recebeu e aceitou o pedido de demissão do secretário de Política Agrícola, Neri Geller. O secretário vinha passando por um processo de desgaste após a divulgação de que um ex-assessor havia intermediado quase metade da venda do arroz importado no leilão promovido pela Conab.

 

“Hoje pela manhã secretário Neri Geller me comunicou, fez ponderação, [que] quando filho dele estabeleceu sociedade com esta corretora do Mato Grosso, ele não era secretário de Política Agrícola. Não há fato que desabone ou que gere qualquer tipo de suspeita, mas que de fato gerou transtorno, e por isso colocou cargo a disposição”, afirmou o ministro da Agricultura.

 

Reportagem da Globo Rural mostrou que a Bolsa de Mercadorias de Mato Grosso (BMT) e a Foco Corretora de Grãos, que foram criadas no ano passado pelo ex-assessor do então deputado federal Neri Geller Robson Luiz de Almeida França, intermediaram a venda de 44% do arroz importado que foi vendido no leilão da Conab.

(Folhapress)

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Granja/CE: estudantes perdem aulas devido à condição das estradas rurais

 

As estradas, deterioradas pela chuva, se tornaram obstáculos intransponíveis para o transporte escolar (Foto: VC. Repórter / via WhatsApp)

Nas áreas rurais de Granja, Litoral Oeste do Ceará, estudantes enfrentam dificuldades para continuar sua educação devido a problemas logísticos com o transporte escolar. Relatos de moradores das comunidades do Assentamento Jaguarapuaba, Lagoa do boi, São João, Maria bela e Açude, encaminhados ao CEARÁ ACONTECE, revelam que, por diversas vezes, alunos não puderam chegar às escolas devido à precariedade das estradas. Um incidente particularmente ilustrativo ocorreu com uma van escolar: apesar de iniciar sua jornada rumo à escola, as condições adversas do caminho impediram a continuidade do trajeto, forçando o retorno sem cumprir o objetivo de levar os estudantes à instituição de ensino.

Estradas precárias e problemas estruturais afetam alunos no município de Granja

Esta situação expõe os desafios enfrentados pela educação em áreas rurais, onde fatores como infraestrutura inadequada podem impactar diretamente o acesso e a qualidade da aprendizagem. As estradas, deterioradas pela chuva, se tornaram obstáculos intransponíveis para o transporte escolar, comprometendo não apenas a regularidade das aulas, mas também o direito à educação.

 

As consequências são sentidas diretamente pelos estudantes, que acumulam faltas e perdem conteúdos importantes, potencialmente prejudicando seu desempenho estudantil e progressão educacional. A interrupção das atividades escolares, especialmente em um período formativo crucial, pode ter impactos de longo prazo no desenvolvimento educacional e pessoal dos jovens afetados.

Conforme alguns moradores, esta situação não acontece apenas no período de chuvas, mas durante o ano inteiro.

Com a palavra, os responsáveis.

 

---------------

segunda-feira, 13 de maio de 2024

João Paulo é o primeiro a lançar pré-candidatura pela oposição em Granja e já iniciou a pré-campanha

 

O advogado João Paulo é o nome do PSD que vai disputar a Prefeitura de Granja.

 O advogado João Paulo saiu na frente e lançou sua pré-candidatura a prefeito de Granja. Ele também já iniciou a pré-campanha. Nas redes sociais, o pretenso candidato a prefeito apresenta os aliados e pré-candidatos a vereadores.

Faltando poucos meses para as eleições municipais, apenas João Paulo lançou sua pré-candidatura a prefeito pela oposição. Resta saber se irá surgir mais um nome, haja vista que a oposição no município está dividida.

Aguardem os próximos capítulos da politica granjense...



terça-feira, 30 de abril de 2024

Camocim/CE: Familiares de vereador morto por garçom em restaurante não sabem o motivo do crime: 'Não tem como não chocar'

 

Garçom matou vereador em restaurantes poucos instantes após vítima chegar ao local, no Ceará. — Foto: Reprodução

Os familiares do vereador César Araújo Veras (PSB), de 51 anos, relataram não saber o que pode ter motivado a morte dele. O parlamentar foi assassinado por um garçom em um restaurante de Camocim, no Ceará, neste domingo (28). Outros dois homens (um deles dono do estabelecimento) também foram esfaqueados pelo garçom Antônio Charlan Rocha Souza — preso no mesmo dia do crime.

 

“A pessoa estar sadia, sair para almoçar com a família e acontece uma fatalidade dessa... Não tem como não chocar, não tem como não doer dobrado. É isso que a gente sente. Que Deus nos conforte, porque é disso que a gente está precisando agora, de conforto”, lamentou Elda Raquel Veras Barros, prima da vítima.

 

Os outros feridos são o dono do restaurante, Euclides Oliveira Neto, de 55 anos; e um cliente que estava no local, identificado como Fábio Roberto de Castro Sousa, de 56 anos. Antônio Charlan foi preso ainda no domingo.

 

Elda Raquel comentou ainda que a família estranha o fato de que a vítima e o garçom tinham uma boa relação antes do crime. “A família está muito abalada, sem condição de falar. Estamos sem palavras. O César era querido até pela pessoa que tirou a vida dele. Acostumado a brincar com ele, a gente sentava junto [no restaurante], inclusive, meu esposo. Ele sempre bem-humorado. Não sei o que aconteceu”, disse Elda.

 

“É um momento muito doloroso, uma morte trágica, que é o que tem causado mais dor na família, porque a morte é uma coisa da qual a gente não foge, mas não foi normal. Então, a dor é muito grande”, completou.

 

A incerteza com relação à motivação do crime também foi citada por Jandira Veras, outra familiar da vítima. “É uma coisa muito difícil da gente entender, mas o povo diz que ele [garçom] tinha dado um surto. Nós não sabemos como foi que aconteceu, porque dizem que esse garçom era uma pessoa muito boa, se dava com todo mundo”, disse.

 

“Muito doloroso porque foi uma coisa muito trágica. Uma coisa que a gente não esperava. Estavam ele, a esposa e os dois filhos e mais alguém da família. Sem nada, o cara veio e sangrou ele na garganta. Ele saiu correndo para pedir socorro, mas, ao chegar no carro, ele caiu logo. E a esposa dele correndo atrás”, complementou Jandira.

 

Garçom trabalhava há 13 anos no restaurante

Preso garçom suspeito de matar vereador - Foto: Redes sociais/Reprodução

O garçom Antônio Charlan Rocha Souza trabalhava há 13 anos no restaurante onde o crime aconteceu. O Tribunal de Justiça do estado disse ainda que Antônio Charlan conhecia as três vítimas e não tinha desavenças com elas.

 

O TJCE informou que, em depoimento, o suspeito declarou que viu a arma do crime enquanto estava bebendo água. Após isso, ele se dirigiu até as vítimas e iniciou os esfaqueamentos. O garçom falou ainda que só lembrou do que havia feito quando foi parado pelos policiais.

 

O delegado Marcos Aurélio França, diretor do Departamento de Polícia Judiciária da Região Norte, comentou sobre a prisão do suspeito. "O autor afirmou que não recordava dos fatos. Chegou-se à conclusão, a princípio, de que não há vínculo pessoal, algum link, entre autor e vítima. Porém, já está bastante claro a autoria e a materialidade do crime", disse.

 

"A gente espera que, no decorrer da investigação, nós tenhamos bem clara a motivação, o que levou esse garçom a perpetrar esse bárbaro crime", complementou o delegado.

 

A Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito, nesta segunda-feira (29), durante audiência de custódia realizada pelo 5º Núcleo Regional de Custódia e de Inquérito, no município de Sobral, na região norte do Ceará.

 

Vereador foi o primeiro atacado

Empresário e vereador esfaqueados por garçom em Camocim, no Ceará. — Foto: Redes sociais/Reprodução

O vereador morto tinha chegado ao estabelecimento poucos instantes antes de ser esfaqueado. Um vídeo de câmera de segurança do restaurante flagrou toda a ação.

 

Após a chegada de César Veras, o garçom foi até ele e o atacou com uma faca na região do pescoço. Depois de lesionar o vereador, o funcionário foi até o cliente Fábio Roberto, que estava sentado em uma das mesas, e o lesionou nas costas. Por fim, ele atingiu Euclides, dono do restaurante, no abdômen.

 

Conforme a Secretaria de Segurança do Ceará (SSPDS), o suspeito tentou fugir, mas foi preso por equipes do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) no Bairro Tijuca, na saída da cidade de Camocim. A arma usada no crime foi apreendida.

 

Após a prisão, o homem foi conduzido para a Delegacia Regional de Sobral, unidade plantonista da Polícia Civil na região, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil e sem chance de defesa e duas tentativas de homicídio qualificado.

Feridos

O estabelecimento onde o crime ocorreu fica na orla do município, que tem cerca de 64 mil habitantes. A Prefeitura de Camocim, por meio da assessoria de imprensa, informou que o empresário ferido foi transferido para Sobral, e não corre risco de morrer. Fábio Roberto também tinha quadro de saúde estável e não corre risco de morte, até a última atualização desta reportagem.

 

A Câmara Municipal de Camocim emitiu nota lamentando a morte do vereador. A Casa disse que "lamenta profundamente a perda do ex-presidente, vereador César Veras, que de, forma precoce, nos deixou neste domingo".

 

"Nesse momento de pesar, nos solidarizamos aos familiares e amigos enlutados", completou.

 

O governador do estado, Elmano de Freitas, também lamentou a morte do vereador. "Recebi com profundo pesar a notícia da morte do vereador César Veras, ex-presidente da União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), vítima de um crime bárbaro em um restaurante de Camocim", disse.

 

"Determinei rigor máximo na apuração dos fatos. Nossas forças de segurança já prenderam o suspeito, que será colocado à disposição da Justiça. Minha solidariedade a todos os familiares, amigos e companheiros de trabalho do vereador", destacou o governador.

 

 

quinta-feira, 25 de abril de 2024

Cidades do Ceará vão receber vacina da dengue; veja quais

 

Em fevereiro, o Ministério da Saúde iniciou a distribuição de vacinas contra a dengue em meio a um recorde histórico de casos da doença no país - Mosquito transmissor da dengue — Foto: Divulgação

Fortaleza e mais três municípios cearenses vão receber nesta sexta-feira (26) as primeiras doses da vacina contra a dengue, enviadas pelo Ministério da Saúde. Além de Fortaleza, as cidades de Aquiraz, Eusébio e Itaitinga, todas na região metropolitana da capital, receberão doses do imunizante.

Ao todo, o Ceará vai receber 169.513 doses da vacina. Elas serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Fortaleza: 154.376
  • Eusébio: 5.641
  • Aquiraz: 5.428
  • Itaitinga: 4.068

A distribuição da vacina contra a dengue no Brasil teve início no mês de fevereiro, em meio a um recorde de casos da doença e de mortes em decorrência dela. Inicialmente, 16 estados e o Distrito Federal receberam o imunizante, mas o Ceará não estava entre os contemplados por conta da baixo número de casos de dengue no estado.

Agora, conforme o anúncio desta quinta-feira (25) do Ministério da Saúde, Ceará, Alagoas, Sergipe, Piauí, Mato Grosso e Rio Grande do Sul também vão receber o imunizante.

 

No dia 17 de abril, o Ministério da Saúde recomendou a ampliação da vacinação contra a dengue para o público de 4 a 59 anos nos municípios que tenham doses disponíveis, como mais uma forma de combater o cenário alarmante da doença.

(g1ce)

 

Ceará tem apenas 41% dos professores efetivos na rede estadual

 

Clairton Lourenço é professor da EEM Monsenhor José Augusto da Silva -Foto: Arquivo Pessoal

Destaque nacional nos índices de educação, o Ceará tem apenas 41% dos professores da rede estadual concursados. Segundo a Sinopse Estatística da Educação Básica, divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 2023, o Estado possuía 57% dos docentes atuando como terceirizados e outros 2%, como CLTs.

 

O patamar de professores efetivos no Ceará é o 9º menor do Brasil, empatado com o Rio Grande do Sul. Entre os estados nordestinos, o número é o mais baixo. No Rio de Janeiro, essa parcela chega a 96%. Já na ponta oposta, Minas Gerais tem o menor efetivo de docentes concursados: apenas 19%.

 

Ao todo, 15 estados tinham mais professores temporários que efetivos em 2023 e, ao longo da década, 16 aumentaram o número de professores temporários e diminuíram o quadro de concursados.

 

A pesquisa também demonstrou a diferença salarial entre os professores efetivos e os temporários. No Estado, os docentes concursados ganham cerca de R$ 3,90 a mais por hora trabalhada que os temporários. Apesar de parecer inespressivo, em dez unidades da federação não há essa diferenciação salarial.

 

No Distrito Federal, a discrepância de remuneração é a mais baixa, R$ 2,60 por hora. Já no Mato Grosso do Sul, os professores concursados ganham R$ 26,80 a mais por hora que os docentes temporários.

 

Em relação ao perfil desses professores, o estudo mostra que a média de idade dos profissionais temporários é de 40 anos. Entre os efetivos é 46 anos. Além disso, quase metade (43,6%) dos temporários atua há pelo menos 11 anos como professor, o que conforme a pesquisa, indica que esse tipo de contratação tem sido utilizada não apenas para suprir uma demanda pontual, mas também para compor o corpo docente fixo de algumas redes de ensino.

 

Perda de concursados

 

O número de professores concursados nas escolas estaduais do País chegou ao menor patamar dos últimos dez anos em 2023. Enquanto diminuem os concursados, aumentam os contratos temporários, que já são maioria nessas redes.

 

O número de professores concursados passou de 505 mil em 2013, o que representava 68,4% do total de docentes nas redes estaduais, para 321 mil em 2023, ou 46,5% do total. Já os contratos temporários superaram os efetivos em 2022 e, em 2023 chegaram aos 356 mil, representando 51,6% do total de contratações. Em 2013, eram 230 mil, o equivalente a 31,1% do total.

 

Não há uma legislação específica que limite o número de contratos temporários, nem há penalidades previstas aos estados. Mas, o Plano Nacional de Educação (PNE), que estabelece metas e estratégias para todas as etapas de ensino e a valorização do setor, prevê que pelo menos 90% dos professores das escolas públicas tenham cargos efetivos. Essa estratégia deveria ter sido cumprida até 2017.

 

“Em tese, o ideal é que você consiga suprir todo o seu quadro com professores efetivos. E a figura do professor temporário é para suprir eventual ausência. Então, por exemplo, um professor vai trabalhar na secretaria, você precisa de um professor temporário para cumprir aquela carga horária. Ou ele foi afastado, readaptado, a gente sabe que acontece esse tipo de coisa, né?”, diz o gerente de Políticas Educacionais do Todos pela Educação, Ivan Gontijo.

 

“Professores temporários são super importantes para suprir o quadro, para garantir que os alunos tenham aula com profissionais com formação adequada, mas esse artifício da contratação temporária deveria ser exceção à regra”, defende.

 

Segundo Gontijo, o estudo mostra que o que deveria ser exceção tem se tornado regra nas redes estaduais. Essas redes são responsáveis pela oferta de ensino médio e dos anos finais do ensino fundamental, etapa que vai do 6º ao 9º ano.

 

As contratações temporárias, além de causar impacto nas condições de trabalho dos professores, por exemplo, com vínculos mais instáveis e salários geralmente inferiores aos professores efetivos, podem ainda, de acordo com a publicação, interferir na aprendizagem dos estudantes.

 

Valorização docente

 

A pesquisa destaca que três aspectos podem explicar os possíveis impactos negativos de professores temporários sobre os resultados dos estudantes. O primeiro deles é a alta rotatividade docente, que pode prejudicar o vínculo com a comunidade escolar e o efetivo desenvolvimento dos estudantes.

 

Além disso, os processos seletivos utilizados pelas redes de ensino, nem sempre tão rigorosos quanto os concursos públicos, também impactam na qualidade do ensino. Por fim, a pesquisa aponta as condições de trabalho dos professores, que podem ser piores que a dos efetivos.

 

“Essa é uma pauta muito ligada à valorização docente. Se a gente, como país, quer valorizar os professores, não dá para admitir alguns cenários. Como um país que quer valorizar seus professores está dando condições de trabalho mais desafiadoras e vínculos de trabalho mais frágeis? Por isso que é importante a gente avançar numa agenda de solução desses problemas”, diz Gontijo.

 

Aprendizagem

 

O estudo mostra ainda possíveis impactos na aprendizagem dos estudantes. A pesquisa utiliza os dados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que medem o desempenho dos estudantes em matemática e língua portuguesa, do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio, etapas que ficam a cargo das redes estaduais.

 

Em 2019, quando resultados de aprendizagem ainda não tinham sido impactados pela pandemia, os estudantes que tiveram professores temporários no 9º ano obtiveram nota, em média, 3,1 pontos menor em matemática do que os estudantes que tiveram aulas com docentes efetivos. No ensino médio, em 2019, os estudantes que tiveram aulas com professores temporários obtiveram nota, em média, 5,5 pontos menor em matemática e 5,6 pontos menor em língua portuguesa do que os estudantes que tiveram aulas com docentes efetivos.

 

Os pesquisadores, no entanto, fazem uma ressalva: “É importante frisar que essa análise precisa ser observada com cautela. Ela pode ter vieses, uma vez que outras variáveis não consideradas podem impactar o regime de contratação e a proficiência dos estudantes”, diz o texto.

 

“Tem uma coisa muito importante na educação, que é a criação de vínculos. A gente precisa disso para uma educação de qualidade. Então, o professor conseguir construir bom vínculo com o aluno, conseguir ter carga horária fixa de 40 horas em uma mesma escola, para ele ter tempo para conhecer os estudantes, trabalhar de forma mais aprofundada. Os professores temporários, em média, têm rotatividade muito maior, porque são temporários e trabalham em mais escolas também”, diz Gontijo.

 

Desafios

 

As contratações temporárias dão mais flexibilidade e são menos custosas para os entes federados do que as contratações efetivas, mas elas têm também impactos, tanto para os docentes quanto para os estudantes. Gontijo defende que garantir que concursos públicos sejam feitos de maneira adequada é papel não apenas dos estados e municípios, mas também do governo federal. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), Lei 9.394/1996, prevê que a União “prestará assistência técnica aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios na elaboração de concursos públicos para provimento de cargos dos profissionais da educação”.

 

“Também há uma agenda do governo federal, que é como o governo federal pode ajudar as redes municipais e estaduais a fazerem mais concursos. Isso, inclusive, está previsto na LDB, que diz que o governo federal deve ajudar as redes de ensino nos processos de ingresso, porque sozinha as redes não estão conseguindo fazer concursos com o tamanho e a frequência adequados. Então, o governo federal tem um papel aqui também de apoiar as redes nos concursos públicos, para ter mais concurso público”, afirma.

(Agência Brasil)


segunda-feira, 22 de abril de 2024

Hospital Imaculada Conceição de Martinópole-CE alivia filas de cirurgias eletivas

 

A inauguração do centro cirúrgico em 18 de dezembro de 2022 representou um marco importante na capacidade de atendimento do hospital

Desde o início das cirurgias eletivas em dezembro de 2022, o Hospital e Maternidade Imaculada Conceição de Martinópole tem sido crucial na redução das filas de espera por procedimentos cirúrgicos na região. Até o momento, foram realizados 470 procedimentos, dos quais 123 ocorreram apenas em 2024.

 

A inauguração do centro cirúrgico em 18 de dezembro de 2022 representou um marco importante na capacidade de atendimento do hospital, proporcionando alívio para pacientes aguardando cirurgias eletivas no município e arredores.

 

Entre os procedimentos mais frequentes realizados ao longo do ano, destacam-se cirurgias ginecológicas, cesarianas, urológicas, hernioplastias, colecistectomias, traumatologia, além de avanços como a reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA) por artroscopia de joelho. Para 2024, o hospital já tem agendadas cirurgias como ressecção transuretral da próstata (RTU), remoção de cálculos renais e 400 cirurgias de catarata.

 

Esse trabalho faz parte de uma política conjunta entre a gestão municipal e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que busca organizar e ampliar o acesso a procedimentos cirúrgicos, ao mesmo tempo que visa eliminar as filas acumuladas durante a pandemia de Covid-19.

 

O Hospital Imaculada Conceição se destaca não apenas pelos procedimentos realizados, mas também por suas instalações modernas e reconstruídas, mantidas com recursos próprios, demonstrando um compromisso sólido com a saúde e o bem-estar da comunidade local.

(Sobral Online)

 

 

Açude Martinópole alcança lâmina de sangria

O principal reservatório de abastecimento de água do município de Martinópole, o açude Martinópole, conhecido popularmente como açude Jardim, alcançou hoje a chamada “lâmina de sangria” que marca o nível máximo da capacidade para o sangramento, que é de aproximadamente 34 milhões de metros cúbicos.

 

Pela manhã, faltavam apenas 2cm para que houvesse o sangramento. “Com as chuvas da tarde, aconteceu o que já esperávamos, pois este ano, a quadra invernosa está muito superior a do ano passado”.

*Com imagens via WhatsApp: João Gomes e Aristides Miranda.

 


CPI quer ouvir o presidente da Enel Ceará nesta quarta-feira (24)

 

Membros da CPI da Enel durante reunião. (Foto: Paulo Rocha/Alece)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), que investiga supostas irregularidades e abusos por parte da Enel Distribuidora de Energia, se prepara para concluir os trabalhos e tem oitiva com o presidente da empresa no Estado, José Nunes de Almeida Neto. O encontro está marcado para às 14 horas desta quarta-feira, 24, no complexo das comissões da Casa.

 

O intuito, segundo o colegiado, é ouvir da instituição esclarecimentos em relação à “má qualidade dos serviços” ofertados aos clientes. A solicitação atende a requerimento do deputado Guilherme Sampaio (PT), que é um dos integrantes da CPI.

 

Instalada em agosto de 2023 para funcionar por quatro meses, os trabalhos da Comissão foram prorrogados em dezembro do mesmo ano por mais 120 dias. Só em 2023, o colegiado realizou sete oitivas, com oito convidados. Na tribuna da Alece, a empresa é alvo de frequentes reclamações em relação às atividades desempenhadas no Estado.

 

Na maioria dos casos, há relatos de problemas no fornecimento de energia nos municípios, por vários dias seguidos, assim como a demora no atendimento de demandas. As críticas mais contundentes à Enel partem do deputado Fernando Santana (PT), que preside o colegiado. “Ou a Enel muda ou se muda do Ceará”, enfatiza reiteradas vezes o petista ao relatar problemas apresentados pela população por meio dos seus canais oficiais de comunicação ou presencialmente. Para o parlamentar, a concessionária é “perversa”, “covarde” e “desumana”.

 

Na semana passada, o parlamentar anunciou que o relatório do colegiado será antecipado para subsidiar um decreto que será elaborado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre o disciplinamento das companhias energéticas. A definição ocorreu durante uma reunião entre membros da CPI, o governador Elmano de Freitas (PT), o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, além de uma comissão de parlamentares da bancada cearense no Congresso Nacional e deputados estaduais.

 

“O presidente Lula, com a equipe do Ministério de Minas e Energia, prepara um decreto, talvez até o final do mês ainda para ser lançado, modificando a legislação que hoje se encontra acobertando a Enel a cometer esses atos que nós não concordamos”, pontuou o parlamentar sobre o encontro.

 

Fora de contexto

Nas redes sociais, Fernando Santana negou que tenha feito qualquer solicitação à Enel para a tradicional festa de Santo Antônio, em Barbalha. “Lamento muito que os adversários estejam apelando para Fake News para tentar me atingir, já pensando na próxima eleição. Tiraram uma frase do contexto e editaram para distorcer declarações do prefeito de Barbalha, que é uma pessoa séria”, disse o petista em postagem nas redes sociais.

 

O prefeito da cidade, Guilherme Saraiva (PT), também já havia negado, em publicação nas plataformas digitais, que o presidente da CPI tenha realizado diálogo com a distribuidora para conseguir a doação de R$ 1 milhão em patrocínio para a celebração, que é promovida pela Prefeitura, e que está orçada este ano em R$ 4 milhões.

 

“Jamais fiz qualquer tipo de solicitação à Enel para a festa de Barbalha ou sobre qualquer assunto. Jamais! Pelo contrário, sou a pessoa que mais tem cobrado dessa empresa mais respeito com o Ceará e continuarei sendo duro em defesa dos interesses do nosso povo”, ressaltou Santana na nota que foi divulgada no Instagram.

 

“Quem está dizendo o contrário, talvez queira me intimidar no trabalho que tenho feito. Não conseguirão! A verdade sempre prevalecerá”, completou o petista.

(O Otimista)

 

Beneficiários do INSS começam a receber o 13º a partir de quarta-feira

 

Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram em greve por tempo indeterminado. Eles reivindicam reajuste salarial de 27,5% e melhores condições de trabalho (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a primeira metade da parcela do 13º salário, a partir desta quarta-feira (24/4). Em geral, a primeira parcela do abono anual, também conhecido como 13º dos beneficiários da Previdência Social, ocorre em agosto de cada ano.

 

No mês passado, o governo federal determinou a antecipação do pagamento das duas parcelas do 13º salário a 33,6 milhões de beneficiários. De acordo com dados da folha de pagamentos, o volume de recursos só com a primeira parcela do benefício injetará R$ 33,68 bilhões na economia brasileira.

 

O valor antecipado corresponde a 50% do total do abono anual e sobre a primeira parcela não incide desconto de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Nos casos em que é possível a cobrança, o imposto será descontado somente na segunda parcela do 13º.

 

Calendário

 

O calendário de pagamentos leva em conta o número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço, também chamado de Número de Identificação Social (NIS).

 

O dinheiro será depositado junto com o benefício referente ao mês de abril, pago entre 24 de abril e 8 de maio. Os segurados com benefício com dígito final 1 e que ganham até um salário mínimo vigente (R$1.412) serão os primeiros a receber e, assim, por dia diante. A segunda parcela do 13º salário do INSS de 2024 será paga com os benefícios regulares de maio, creditado entre o fim de maio e o início de junho.

 

Quem tem direito

 

Recebem o abono os segurados e pensionistas da Previdência Social que durante o ano de 2024 tenham recebido aposentadoria, auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

 

O 13º é devido a aposentados, pensionistas, além de pessoas que receberem, ao longo de 2024, benefícios temporários, como auxílio por incapacidade temporária e auxílio-reclusão. Nesses casos temporários, o valor é proporcional ao tempo de recebimento do benefício.

 

Quem recebe salário-maternidade também tem direito ao 13º proporcional. Porém, ele é pago junto com a última parcela do salário-maternidade e, por isso, a pessoa não recebe o valor extra junto com os demais beneficiários, agora.

 

O décimo terceiro não é pago a quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Os idosos e as pessoa com deficiência com BPC não têm direito a essa parcela adicional.

 

Como consultar

 

Os segurados podem consultar o número do cartão do benefício no site e pelo aplicativo Meu INSS, disponível para smartphones com sistemas Android e iOS. Nos dois casos, é necessário fazer login e senha no portal Gov.br.

 

Para acessar todos os detalhes sobre o pagamento do benefício, basta clicar no serviço “Extrato de pagamento”.

 

Outra forma é pela central telefônica 135, que funciona de segunda à sábado, das 7h às 22h.

(Agência Brasil)

 

Prefeitura de Fortaleza: após a decisão do PT neste domingo (21), seis nomes entram na disputa eleitoral em 2024

 

Além de Evandro Leitão pelo PT, seguem na disputa, o prefeito José Sarto (PDT) quem vai em busca da reeleição. 

Neste domingo (21/4), o encontro dos delegados do PT escolheu o nome do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece), Evandro Leita (PT), como pré-candidato da legenda à prefeitura de Fortaleza.

 

Com a escolha do nome do PT na disputa eleitoral deste ano, agora seguem no cenário político da capital cearense seis nomes que pretendem disputar a prefeitura de Fortaleza.

 

Além de Evandro Leitão pelo PT, seguem na disputa, o prefeito José Sarto (PDT) quem vai em busca da reeleição. O ex-deputado federal Capitão Wagner (UB), que já vem tentando chegar a prefeitura e ao governo do estado, fincando sempre no segundo turno nas últimas disputas municipais em Fortaleza. o senador Eduardo Girão pelo Novo e André Fernandes pelo PL com apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro.

 

Além deste nomes, o PSOL também apontou o nome do produtor cultural Técio Nunes para representar a sigla neste pleito. Outro nome que surge é o da ambientalista, Cindy Carvalho, ambos os nomes fazem parte da federação entre PSOL e Rede Sustentabilidade e devem convergir para um única candidatura para obedecer a legislação.

 

Com as definições deste domingo com o nome de Evandro Leitão pelo PT, a única dúvida agora no processo, fica por conta da posição da deputada federal Luizianne Lins se vai acompanhar a decisão do partido.

(Noticias do Ceará)




Sérgio Aguiar e Marcílio Menezes se unem e pode surgir candidatura a prefeito de Granja

 

Foto: reprodução Instagram/depsergioaguiar

A oposição em Granja, no Litoral Norte do Estado, busca candidato capaz de  enfrentar a reeleição do prefeito Aníbal Arruda. O deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT), e o empresário Marcílio Menezes  se uniram e pode  sair uma forte pré-candidatura a prefeito .


“Sempre deixei claro minha amizade e parceria com o povo querido e de bom coração de Granja. O povo está me chamando para a disputa”, disse Marcílio Menezes, que dirige o grupo J. Maurício e atua no agronegócio como pecuarista.


Na semana anterior, Sérgio compartilhou nas redes sociais seu encontro com o ex-prefeito de Granja Hélio Fontenele e nesta com Marcílio Menezes.

*Com informações Roberto Moreira



domingo, 7 de abril de 2024

Dizem que um bom jogador é aquele que sabe blefar: não tendo o que oferecer, ganha sem jogar.

Blefe é a capacidade, habilidade ou estratégia de iludir o adversário sem ter elementos suficientes para vencer o jogo. Dizem que um bom jogador é aquele que sabe blefar: não tendo o que oferecer, ganha sem jogar. Acredito que o deputado estadual Romeu Aldigueri se encaixa muito bem quando o assunto é blefe. Nos palanques, entrevistas e diálogos blefar é o forte do Parlamentar. (Até rimou!) E o líder politico James Bel, também está blefando? Se está, aprendeu com o parlamentar. Assista ao vídeo para melhor compreensão: 

Quem conhece política sabe que nada acontece por acaso. Não é à toa que a política é a arte da desfaçatez. Tal qual um jogador de xadrez uma ação política tem sempre um objetivo não revelado, para surpreender o adversário e atingir o resultado esperado. Isso porém não significa dizer que o meio político é um ambiente inconfiável. Quer dizer que nessa habitat, mais do que nos outros, não existe verdade absoluta e nem mentira cabal. Saber ler as entrelinhas do jogo político é enxergar as segundas intenções que se escondem por detrás de uma aparente realidade.

 

Faço essa referência para expressar a minha visão sobre dois acontecimentos que aos olhos dos desatentos podem parecer desconectados mas que ao meu ver estão intimamente ligados. Mais do que isso, são complementares. Refiro-me as falas das lideranças politicas durante entrevistas e atos políticos.

O jogo já começou. Façam suas apostas. E prestem muita atenção aos blefes.