Ceará Acontece

quinta-feira, 1 de dezembro de 2022

Baixio, Iguatu e Pacujá passarão por novas eleições para prefeito e vice-prefeito

 

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) definiu a data das eleições suplementares nos municípios de Iguatu e Pacujá para que a população volte a escolher os prefeitos e vice-prefeitos dos municípios. A data marcada é 5 de fevereiro de 2023.

 

O pleno da Corte aprovou as resoluções por unanimidade na sessão desta quinta-feira (1º). O prazo para realização das convenções partidárias ocorre entre 5 e 8 de janeiro do próximo ano.

 

Os prefeitos de Iguatu e Pacujá foram cassados por irregularidades cometidas nas eleições municipais de 2020. Atualmente os municípios são geridos pelos respectivos presidentes das Câmaras Municipais. Vale salientar, que ambos os casos os gestores podem recorrer para o TSE.

 

Caso os prefeitos cassados Ednaldo Lavor (PSD) de Iguatu e Raimundo Filho (PDT) de Pacujá, não tenham êxito nas ações da Corte superior, a população dos dois municípios conhecerão os novos prefeitos em fevereiro de 2023, para mandatos a se expirarem no dia 31 de dezembro de 2024.

 

No município de Baixio serão realizadas Eleições ainda este ano, no dia 11 de dezembro, conforme resolução Nº 912 do TRE.

Ceará: deputados aprovam universalização do tempo integral no ensino fundamental municipal

 

Votação realizada durante sessão legislativa desta quinta-feira (1°) (Foto: Edson Junior Pio/ Alece)

A Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) aprovou, em sessão plenária nesta quinta-feira (1°), o projeto que universaliza o tempo integral nas escolas de ensino fundamental municipais e outras quatro matérias de autoria do Poder Executivo.

 

O projeto de lei complementar, nº 25/22do Governo do Estado, amplia o Programa Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic) no Estado, objetivando a universalização do ensino fundamental em tempo integral em todas as escolas das redes públicas municipais.

 

O texto prevê a possibilidade de o Estado apoiar os municípios cearenses, inclusive por meio de incentivo financeiro, para que, até o ano de 2026, a universalização seja concretizada. De acordo com a mensagem, o tempo integral será instituído de maneira gradativa, iniciando-se a partir das turmas de 9º ano, em 2023.

 

A matéria foi aprovada com uma emenda modificativa de autoria do deputado Tony Brito (União), sobre o art. 4° da matéria. Com a modificação, o artigo determina que o valor a ser transferido a cada município será definido com base no número de alunos matriculados em tempo integral na rede pública municipal, de acordo com o resultado do censo escolar e conforme regras objetivas estabelecidas em decreto do Executivo.

 

O Governo do Estado é autor do projeto de lei, n° 145/22 aprovado, que autoriza o Executivo a abrir crédito especial no valor de R$ 518,6 mil ao orçamento do Fundo Estadual de Saúde (Fundes) e Secretaria das Cidades (SCidades). Os recursos serão destinados à inclusão de ações como o monitoramento e a avaliação para o desenvolvimento das ações do programa PROEXMAES II e também ações ligadas ao Programa de Abastecimento de Água, Esgotamento Sanitário e Drenagem Urbana.

 

Outro projeto de lei do Executivo é o n° 96/22, que cria a Delegacia de Repressão aos Crimes de Discriminação Racial, Religiosa ou de Orientação Sexual (Decrim), no âmbito da Polícia Civil do Estado do Ceará. A matéria recebeu duas emendas da deputada Augusta Brito (PT).

 

PECs

O Governo do Estado é autor ainda de duas propostas de emenda constitucional (PEC). A 05/22 altera os artigos 19 e 49 da Constituição do Estado do Ceará. As alterações tratam da alienação e da concessão de imóveis públicos do Estado como fator de geração de renda e emprego na sociedade. A proposta busca aprimorar a gestão dos ativos do Estado, possibilitando que sejam trabalhados “de forma mais eficiente”, com maior potencial de geração de receitas ao Ceará.

 

Já a PEC 06/22 foi aprovada em segundo turno pelo Plenário. A proposta autoriza a prorrogação excepcional da vigência dos contratos temporários em curso no âmbito da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), resguardando o funcionamento dos serviços de transporte metroviário de passageiros no Estado.  A matéria havia sido aprovada em primeiro turno na votação desta quarta-feira (30).

*(Agência de Notícias da Assembleia Legislativa)

quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Deputado estadual eleito é preso em operação contra corrupção na Prefeitura de Itaiçaba

O alvo das investigações é o serviço de limpeza  pública, suspeita de corrupção no serviço.

Durante a operação do Ministério Público do Ceará/Procap em Itaiçaba, que afastou o prefeito Frank Gomes por 180 dias e prendeu seu irmão Hermogenes Gomes. Também prenderam o deputado estadual eleito Studart Castro.

 

O alvo das investigações é o serviço de limpeza  pública, suspeita de corrupção no serviço.

 

Foram cumpridos dois mandatos de prisão e 19 de busca e apreensão em Itaiçaba e outros municípios. Segundo informações, Studart é proprietário da empresa envolvida em fraudes.

 

Candidato

 

O empresário Studart Castro foi eleito nas últimas eleições deste ano. Filiado ao Avante obteve 17.243 votos.

 

O Ministério Público do Ceará emitiu uma nota sobre a operação

 

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Procuradoria de Justiça de Crimes Contra a Administração Pública (Procap), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (30/11), uma operação na cidade de Itaiçaba, no Vale do Jaguaribe. Foram cumpridos dois mandados de prisão e 19 mandados de busca e apreensão contra gestores públicos, ex-gestores e empresários. Além disso, foi determinado o afastamento cautelar das funções públicas, por 180 dias, do prefeito do município e do secretário de Infraestrutura, Indústria, Comércio e Turismo. 

 

Os dois alvos de prisão foram o irmão do prefeito, dono de uma empresa de fachada que realizava obras na cidade, e um outro empresário, proprietário da firma responsável pela limpeza pública. Os quatro são suspeitos de praticarem crimes de peculato, falsidades material e ideológica, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

As buscas foram realizadas nas residências do prefeito, de secretários, ex-secretários municipais e de empresários, bem como na sede das empresas investigadas. Na casa do prefeito, de um secretário municipal e de um empresário foram apreendidos R$ 67 mil em espécie, além de aparelhos celulares, computadores e documentos relacionados aos contratos investigados.

 

As medidas cautelares requeridas pelo MPCE foram deferidas pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE). O Poder Judiciário determinou ainda o imediato encerramento dos contratos da Prefeitura com as empresas investigadas.

 

Investigação

 

A operação da Procap começou em abril deste ano, a partir de informações repassadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Há indícios de ilicitudes nos contratos de prestação de serviços de obras e de limpeza pública da Prefeitura de Itaiçaba. Segundo o TCE, entre 2020 e 2022, o Município repassou às duas empresas mais de R$ 5 milhões.

 

Há suspeita de que as licitações eram direcionadas para as empresas investigadas, com realização indiscriminada de aditivos contratuais e inexistência de fiscalização do serviço prestado. 




Operação contra corrupção em Itaiçaba afasta prefeito e prende seu irmão

 

Segundo informações, o prefeito foi afastado do cargo, quem assume é o seu vice Iranilson Lima Bezerra.

A Polícia Civil e o Ministério Público do Ceará (MPCE), através da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) realizaram na manhã desta quarta-feira, 30, uma operação no município de Itaiçaba, no Litoral Leste.

 

Na ação foi preso o irmão do prefeito Frank Gomes.

 

Segundo informações, o prefeito foi afastado do cargo, quem assume é o seu vice Iranilson Lima Bezerra.

 

Com detalhes apurados pelo portal "CN7", o prefeito Frank tentou se escondeu dos policiais, mas capturado e levado para delegacia. Não existe mandato de prisão contra ele.

 

O único preso, foi o irmão de Frank, que é dono de um depósito de construção civil, Hermogenes Gomes. O comércio vendia material para prefeitura de Itaiçaba.

*(O Intrigante)

 

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Sérgio Aguiar destaca linha Ceará Credi para microempresas

 

Deputado Sérgio Aguiar (PDT) - Foto: José Leomar

O deputado Sérgio Aguiar (PDT) elogiou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará, nesta quinta-feira (24/11), o lançamento de uma nova linha de crédito do Programa de Microcrédito Produtivo (Ceará Credi) voltada para microempresas no Estado.

 

De acordo com o parlamentar, a nova linha de crédito contempla microempresas com faturamento anual de até R$ 360 mil. Poderão acessar o crédito, segundo o deputado, negócios enquadrados nas categorias de arranjos produtivos locais (APL) mapeados pela Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), startups, inovação tecnológica e negócios de impacto. “O projeto tem o objetivo de viabilizar de forma acessível e inclusiva crédito para capital de giro, investimento fixo e investimento misto para as microempresas”, afirmou.

 

Sérgio Aguiar informou que os valores a serem financiados serão analisados caso a caso, levando em consideração a finalidade do crédito, o plano de aplicação dos recursos e a capacidade de pagamento das microempresas. Além disso, os valores máximos de financiamento serão de até R$ 15 mil para capital de giro e de até R$ 21 mil para investimentos fixo ou misto. “A nova linha terá juros de 1,5% ao mês, prazo de até dois anos, com carência de até quatro meses”, ressaltou.

 

A importância do lançamento do Ceará Credi, sobretudo após o período mais conturbado da pandemia, também foi destacada. “Isso ajudou na recuperação da economia do Ceará e o fomento à abertura de novas empresas no Estado”, observou. Ele almejou ainda o sucesso da nova linha de crédito e que o programa auxilie muitos microempresários do Ceará.

 

Sérgio Aguiar comentou ainda sobre pesquisa divulgada na imprensa estadual que alerta para um cenário de mais seca, menos chuva e aumento no calor no Ceará. Conforme ressaltou o deputado, o levantamento mostra que modelos matemáticos para a região do Nordeste apontam para um aumento de 100 dias sem chuva, que acontecem desde 1901, para 140 dias de seca em 2100, além de uma elevação na temperatura em mais de 4ºC, o que podecausar a extinção de corais, inclusive no Ceará.

 

Nos últimos 50 anos, segundo o deputado, houve aumento de 1ºC na temperatura do mar cearense, mas, apesar de parecer pouco, o dado é preocupante à medida que representa um crescimento de 25% em relação à média de 4ºC. Os corais, como exemplificou o parlamentar, que exercem uma função biológica de filtragem e alimento para animais marinhos, estão sob forte ameaça de extinção. “Esse é um sinal de alerta para que possamos corrigir e mitigar a proteção do nosso meio ambiente”, alertou.

 

A importância do hidrogênio verde para o Ceará também foi destaque no pronunciamento de Sérgio Aguiar. De acordo com ele, a fonte energética tem crescido em todo o mundo, com altos faturamentos dos países produtores. As condições do Estado auxiliam para o desenvolvimento local dessa opção energética. “O hidrogênio verde pode ser para o Ceará o que o pré-sal foi para o Brasil, um verdadeiro divisor de águas”, avaliou.

 

O deputado Danniel Oliveira (MDB), em aparte, parabenizou o pronunciamento e enfatizou a necessidade de mais debates sobre mudanças climáticas e ações sustentáveis. Como ressaltou o parlamentar, o Ceará tem um grande potencial para explorar energias sustentáveis e se tornar referencia mundial na área, como países europeus. “Isso tudo é uma catástrofe anunciada pelos cientistas, há muito tempo. Algo precisa ser feito para evitar maiores problemas para nossas gerações futuras”, pontuou.



Agricultor tem perna 'engolida' por máquina de moer capim enquanto trabalhava em roçado no Ceará

 

Acidente aconteceu no momento em que o agricultor usou a perna para empurrar um feixe de capim para dentro da máquina. — Foto: Arquivo pessoal

Um agricultor de 43 anos teve a perna direita engolida por uma máquina de moer capim enquanto trabalhava em um roçado na zona rural de Novo Oriente, no interior do Ceará. Ele foi internado em um hospital de Crateús e se recupera bem após passar por uma cirurgia de amputação de parte do membro.

 

Um colega da vítima estava gravando o momento em que ela e os outros agricultores colocavam capim no equipamento para ser moído, momentos antes de o acidente acontecer. Em determinado momento a máquina travou e o homem tentou destravar colocando a perna para empurrar o feixe de capim quando ficou preso na máquina.


Segundo uma cunhada do trabalhador, ele foi levado em carro particular para um hospital do município de Novo Oriente, onde recebeu os primeiros socorros e em seguida transferido para um hospital de Crateús, onde segue em observação e sem previsão de alta.

*G1/ce

Atentado a escola de Baturité, deixa dois vigilantes feridos

 

A Polícia Civil do Ceará apura as circunstâncias do caso por meio da Delegacia Regional de Baturité.

Durante uma ação criminosa, dois vigilantes foram alvejados a bala em uma escola técnica na cidade de Baturité, no Ceará, na tarde do último sábado (26/11).

 

De acordo com as informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma arma e um colete balístico foram roubados durante a ação dos marginais.

 

Uma das vítimas segue hospitalizada e o outro vigilante não corre risco de morte e teve alta hospitalar.

 

A Polícia Civil do Ceará apura as circunstâncias do caso por meio da Delegacia Regional de Baturité. Até agora, ninguém foi detido.

 

A SSPDS pede que quem puder contribuir com as investigações, repasse informações que auxiliem os trabalhos policiais ligando para 181 ou para Delegacia Regional de Baturité (85) 3347-4241, sigilo assegurado.

Senador bolsonarista reclama do seu salário e diz endividado

 

Na postagem, ele mostrou o extrato de sua conta bancária negativa

O senador Marcos do Val (Podemos) usou suas redes sociais para se queixar de seu salário no Senado.

 

Na postagem, ele mostrou o extrato de sua conta bancária negativa. Atualmente, os senadores recebem R$ 33,7 por mês de proventos.

 

"Na minha carreira anterior,  eu recebia a cada 2 dias o que recebo hoje por um mês como senador", escreveu o parlamentar.

 

Marcos do Val disse que está muito chateado com as críticas dos eleitores.

 

"Ainda tenho que ouvir ataques, ofensas e ingratidão. Como jamais me corromperiria, porque os meus valores NÃO têm preço, vejo que uma parte dos brasileiros não merecem os esforços que estou fazendo, e chegam  a penalizar minha família, para poder ajudar o Brasil ", disse.

 

O parlamentar aproveitou as redes para mostrar seus descontentamento em relação sua situação financeira.

 

"Para os que pensam que tenho regalias e salários milionário,  segue o extrato de minha conta.




Após eleição, Caixa limita crédito e muda análise do consignado do Auxílio Brasil

 

Após eleição, Caixa limita crédito e muda análise do consignado do Auxílio Brasil

Depois do segundo turno das eleições, a Caixa Econômica Federal passou a limitar a oferta de suas linhas de crédito e mudou a análise de empréstimos do consignado do Auxílio Brasil. A concessão ficou agora restrita a clientes com boa análise de risco.

 

Em novembro, o banco passou a liberar menos dinheiro nas concessões aos beneficiários do programa social, limitando o comprometimento da renda a 20%, ante 40% -teto permitido por lei e montante padrão antes das eleições.

 

Segundo membros do Conselho de Administração da Caixa ouvidos pela reportagem, o banco restringiu as concessões de empréstimo em todas as linhas de crédito ofertadas pela instituição depois de ter atingido os limites orçamentários para o ano.

 

A carteira total de crédito já somaria R$ 994 bilhões e ainda pode ultrapassar R$ 1 trilhão neste ano, enquanto o banco deveria ter emprestado R$ 892 bilhões para seguir os limites de liquidez. A informação foi divulgada pelo Globo e confirmada pela reportagem.

A alta procura pelo consignado do Auxílio Brasil colaborou para o patamar alcançado. Do início da operação, em 11 de outubro, até o dia 21 do mesmo mês, o banco liberou R$ 4,29 bilhões nessa modalidade de crédito. Após o segundo turno, a demanda sofreu queda.

 

Segundo a Caixa, a concessão de crédito obedece a “critérios internos de governança, com base no contexto de mercado, no monitoramento de seus produtos e nas estratégias do banco.”

 

“Cabe observar que as linhas de crédito do banco estão ativas e que todos esses critérios são constantemente avaliados tecnicamente e visam garantir a sustentabilidade e competitividade da instituição, o que faz da Caixa o maior banco brasileiro em crédito e número de clientes”, afirmou o banco.

 

A taxa de juros para beneficiários do Auxílio Brasil na Caixa é de 3,45% ao mês -abaixo do teto de 3,5% ao mês fixado pelo Ministério da Cidadania. No entanto, é maior do que a do crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), de até 2,14% ao mês.

 

O empréstimo pode ser feito em até dois anos, em 24 parcelas mensais e sucessivas. Caso o beneficiário perca o direito ao Auxílio Brasil enquanto o empréstimo ainda não tenha sido completamente quitado, a dívida permanece. Especialistas consideram arriscada a modalidade de empréstimo para beneficiários do Auxílio Brasil.

 

A liberação das contratações do consignado foi usada como trunfo na campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL), que acabou derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições.

 

No início de novembro, o ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Aroldo Cedraz negou um pedido do Ministério Público para que a Caixa deixasse de fazer novos empréstimos consignados para os beneficiários do Auxílio Brasil.

 

O pedido havia sido feito pelo subprocurador Lucas Furtado antes do segundo turno das eleições. Ele também havia solicitado avaliação dos critérios adotados pelo banco público para a concessão, com o objetivo de impedir a sua utilização com finalidade meramente eleitoral.

 

Cedraz determinou o arquivamento dos autos, afirmando que as informações apresentadas pela Caixa no processo “afastaram por completo a suposta irregularidade quanto à não-observância de procedimentos operacionais ou de análises de risco essenciais e prévios à decisão de ofertar o empréstimo consignado aos beneficiários do Auxílio Brasil”.

*(Nathalia Garcia – Folhapress)

Mais de 58 mil alunos da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza participam da avaliação do Spaece

 

Foto: arquivo/Luciano Silva

A partir desta terça-feira (29/11), os alunos das redes públicas do Ceará iniciam as provas do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece). Ao todo, 58.275 alunos de 304 unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza vão participar das avaliações, que prosseguem até quinta-feira (01/12), nas escolas.

 

A edição 2022 do processo avaliativo ocorre de forma censitária, envolvendo alunos do Ensino Fundamental dos 2º, 5º e 9º anos, nas disciplinas de língua portuguesa e de matemática. No caso dos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental, na vertente Spaece-Alfa, a avaliação terá como base o nível de leitura.

 

Fortaleza contará com 19.068 alunos do 2º ano realizando a avaliação nesta terça-feira (29/11). Já na quarta-feira (30/11) é a vez de 19.610 estudantes do 5º ano participarem do processo. No último dia de prova do Spaece, serão avaliados 19.477 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental.

 

Caravana

 

Para incentivar e preparar os estudantes da Rede Municipal para o Spaece, a Secretaria Municipal da Educação (SME), por meio dos Distritos e unidades escolares, realizou a Caravana Aprender+. Promovida anualmente, a ação visa a prática educativa voltada à melhoria da aprendizagem dos alunos. A programação inclui rodas de conversas com pais e estudantes, aplicação de simulados, oficinas pedagógicas e motivacionais, dinâmicas variadas, aulões de língua portuguesa e matemática, entre outras atividades.

 

Spaece

 

Idealizado em 1992 pelo Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), o Sistema de Avaliação tem o objetivo de fornecer subsídios para formulação, reformulação e monitoramento das políticas educacionais, nortear a implementação de práticas pedagógicas inovadoras, além de possibilitar aos professores, dirigentes escolares e gestores um quadro da situação da Educação Básica da Rede Pública de ensino. Devido à pandemia da Covid-19, nos anos de 2020 e 2021, a avaliação do Spaece não foi realizada.

 

Identificadas duas linhagens novas do coronavírus no Brasil

(Foto: NIAID)

O Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) informou hoje (28) que pesquisadores da faculdade confirmaram a presença das linhagens BQ 1.1.17 e BQ 1.18 da subvariante BQ.1 do coronavírus no Brasil. Segundo o centro universitário, os pacientes contaminados vivem em Santo André e São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

 

Desde setembro de 2021 o centro universitário vem auxiliando os órgão de vigilância no monitoramento da covid-19. Os casos das linhagens que ainda não haviam sido detectadas no Brasil foram identificados em um lote com nove amostras. A maior parte era de pessoas infectadas com a variante BA.5, sendo que três eram da subvariante BQ.1.

 

As pessoas contaminadas pelas novas linhagens apresentavam sintomas leves de covid-19. Não há informações de que as novas linhagens sejam mais transmissíveis ou gerem efeitos mais graves do que as predominantes atualmente.

(AGÊNCIA BRASIL)

Com primeira vitória sobre a Suíça em uma Copa do Mundo, Brasil garante vaga nas Oitavas de final

 

(Foto: Reprodução/ Twitter/ FIFA WORLD CUP_PT)

Para aproveitar o aumento do número de convocados, Tite encheu a seleção brasileira de atacantes. Foram chamados nove para a Copa do Mundo. Mas quando a situação apertou de verdade no Qatar, foi o volante defensivo Casemiro, 30, quem resolveu. Ele acertou chute cruzado, de dentro da área, como se fosse um camisa 9, aos 37 do 2º tempo. Foi o lance que classificou o Brasil de forma antecipada para as oitavas de final da Copa do Mundo e decretou o 1 a 0 sobre a Suíça, nesta segunda-feira (28), no estádio 974, em Doha.

 

Com seis pontos, a equipe só precisa do empate contra Camarões na próxima sexta-feira (2), para terminar na primeira posição do Grupo G. Foi apenas o sexto gol de Casemiro em 67 jogos com a camisa amarela. E o mais importante.

 

A equipe viveu quatro dias com a lembrança que, pelos números, não é mais tão dependente de Neymar quanto antes. Tite teria as peças ofensivas para suprir a ausência de um dos jogadores do mundo. Mas diante do bem armado sistema defensivo do adversário e sem seu camisa 10, o Brasil sofreu.

 

Neymar sequer veio com a delegação para o estádio. Ficou no hotel onde a delegação está hospedada. Ele se recupera de lesão no ligamento do tornozelo direito. A previsão inicial era que ele voltaria apenas nas oitavas de final. Com a qualificação assegurada antes da última rodada, fica mais sossegado esperar pelo seu retorno.

 

O resultado serve de vingança da Copa de 2018, na Rússia, quando a mesma Suíça parou o Brasil na estreia e ficou no empate em 1 a 1. Vitória contra Camarões representaria o primeiro Mundial, desde 2006, em que a equipe termina a fase de grupos com 100% de aproveitamento.

 

O Brasil teve ainda mais dificuldades nos primeiros 45 minutos do que as que enfrentou na primeira rodada, diante da Sérvia, quando também não marcou, mas venceu por 2 a 0 com gols no segundo tempo.

 

Diante de um rival fechado, com dez jogadores atrás a linha da bola, não achava espaço. A melhor chance aconteceu em lançamento pelo alto que Vinicius Junior completou para o gol, mas Sommer defendeu.

 

Se Raphinha havia sido ineficiente no primeiro tempo da estreia, Vinicius havia sido uma válvula de escape, levando vantagem sobre a marcação. Contra a Suíça, ambos foram igualmente bem marcados. Parte da etapa inicial foi gasta com os meias brasileiros rodando a bola de um lado para o outro, à espera da chance de um passe mais incisivo. Foi quando ficou clara o peso que tem a ausência de Neymar. Sem o atacante, lesionado, a seleção se torna mais previsível e o adversário pode se concentrar mais em anular as jogadas pelas pontas.

 

A estratégia da Suíça se resumiu a tentar achar uma saída em velocidade e encontrar Embolo na frente. O atacante nascido em Camarões, autor do gol da vitória no primeiro jogo e contra seu país natal, é capaz de prender a marcação, é forte e sabe fazer o pivô. Mas não teve oportunidade para colocar isso em prática.

 

Cansado do que viu em campo, Tite mandou Rodrygo aquecer um minuto antes do intervalo. A aposta mais esperada era a saída de Fred. Mas o escolhido foi Lucas Paquetá, justamente quem deveria fazer a função de Neymar em campo. Depois entrou Bruno Guimarães para dar ainda mais força ofensiva. Tudo parecia que se resolveria aos 18 com um belo gol de Vinicius Junior, mas o VAR anulou por causa de impedimento de Fred.

 

Com o passar do tempo, a Suíça chegou a até achar espaços para contra-atacar. Ameaçou com inversões de bola, especialmente para o lateral Widmer. O empate começou aparecer uma realidade que incomodaria bastante Tite. Ele sabe que veria o fantasma da necessidade de ter Neymar contra Camarões atormentá-lo.

 

Alguém teria de aparecer para salvar a seleção. Casemiro, um meia que se tornou primeiro volante no Real Madrid, não parece avesso a mudanças. Saiu da zona de conforto da capital espanhola para defender uma equipe em transição na Inglaterra, o Manchester United. Acho ser um clube que precisava mais dele.

 

Como o Brasil necessitou nesta sexta-feira. Ele apareceu com um arremate que deixaria Neymar orgulhoso para tirar a seleção do sufoco em Doha.

*(Folhapress)

PEC da Transição é protocolada no Senado com R$ 175 bi para o Bolsa Família

 

Valor do benefício social ficaria fora do teto de gastos por quatro anos - Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A equipe do presidente eleito Lula (PT) protocolou no Senado Federal nesta segunda-feira (28) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, que fixa o valor do Auxílio Brasil em R$ 600 e, para isso, prevê R$ 175 bilhões fora do teto de gastos.

 

O benefício social voltará a ser chamado de Bolsa Família. Caso seja aprovada, a PEC será válida durante todo o mandato de Lula (2023-2026).

 

O grupo do presidente eleito havia dito que seriam necessários entre R$ 100 bilhões e R$ 200 bilhões para pagar os programas de assistência social.

 

O senador Marcelo Castro (MDB-PI), que assina o texto da proposta, prevê enviar a PEC para o Senado até esta terça-feira (28) para dar tempo de a proposta ser aprovada no Congresso até 10 de dezembro.

 

Segundo ele, depois disso os parlamentares poderão discutir e votar o Orçamento de 2023, que precisa ser aprovado ainda neste ano.

 

“O texto apresentado excepcionaliza do teto de gastos o valor necessário para dar continuidade ao pagamento dos R$ 600 do Bolsa Família, mais R$ 150 por criança de até seis anos de idade. E, ainda, recompõe o orçamento de 2023, que está deficitário em diversas áreas imprescindíveis para o funcionamento do Brasil. Esperamos aprovar a PEC, nas duas Casas, o mais rápido possível para que possamos começar a trabalhar no relatório orçamento de 2023”, afirmou.

 

Agora, a PEC precisa ser discutida e votada em dois turnos no Senado e na Câmara e necessita ser aprovada por três quintos dos deputados (308) e dos senadores (49).

 

A medida começou a ser discutida logo após a eleição, e o grupo de Lula apresentou um rascunho aos parlamentares no dia 16 deste mês.

 

Economistas têm dito ao longo dos últimos meses que o governo federal, independentemente de quem fosse eleito, precisaria encontrar caminhos para evitar manobras relacionadas ao Orçamento.]

 

O mercado financeiro tem reagido mal tanto a falas de Lula sobre a proposta quanto à expectativa dos gastos fora do teto, sob o argumento de que a PEC não poderia ser “um cheque em branco” para o novo governo.

*(Folhapress).

 

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Vereadora de 26 anos no 1º mandato é eleita presidente da Câmara de Juazeiro do Norte

 

Aos 26 anos, Yanny Brena é eleita presidente da Câmara da maior cidade do interior do Ceará — Foto: Arquivo pessoal

A vereadora Yanny Brena (PL) foi eleita, nesta terça-feira (22), presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, a 431 km de Fortaleza. A médica de 26 anos vai presidir o legislativo municipal no biênio 2023-2024.

 

Yanny Brena cumpre seu primeiro mandato como vereadora e será a segunda mulher a chefiar o Poder Legislativo da maior cidade do interior do Ceará.

 

Concorrendo em chapa única, a vereadora recebeu 16 dos 21 votos. Segundo a Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, houve, ainda, duas abstenções e três ausências.

 

A vereadora é irmã do deputado federal eleito Yury do Paredão (PL), deputado federal eleito e principal articulador da eleição de Yanny Brena.


A vereadora vai suceder o atual presidente, Darlan Lobo (MDB), que ocupa o cargo desde 2019. Ele chegou a anunciar que disputaria a reeleição, mas desistiu na sexta-feira (17) alegando falta de apoio dos demais vereadores.

 

A composição da Mesa Diretora será completada pelos seguintes vereadores:

 

·       Raimundo Júnior (MDB), 1º vice-presidente;

·       William Bazilio (PMN), 2º vice-presidente;

·       Adauto Araújo (PTB), 1º secretário;

·       Claudionor Mota (PMN), 2º secretário;

·       Lucas do Horto (MDB), 3º secretário.

(g1)

 

 

VÍDEO: vereadores e prefeito raspam cabeça em apoio à vereadora diagnosticada com câncer

 

Iniciativa ocorreu na manhã desta sexta-feira (18), no plenário da Câmara Municipal de Boa Vista – Foto: Arquivo

Os vereadores de Boa Vista, assim como o prefeito Arthur Henrique (MDB) rasparam totalmente o cabelo na manhã desta sexta-feira (18) para homenagear Tuti Lopes (PL/RR). A Parlamentar foi diagnosticada com câncer nos ovários no último mês de outubro e passa por tratamento na cidade de Jaú, em São Paulo.

 

A ação ocorreu no plenário da Câmara Municipal com a participação de 15 vereadores. Foi feita uma simulação de Sessão Solene no Plenário da Casa, onde todos votaram pela cura e desejaram o retorno da vereadora ao seu assento na Câmara Municipal. Enquanto falavam, rasparam a cabeça em solidariedade à Tuti Lopes, que deverá perder os cabelos por causa das sessões de quimioterapia.

 

Da cidade de Jaú, em São Paulo, a vereadora recebeu com extrema emoção a homenagem dos colegas de parlamento e também do prefeito Arthur.

Direto de São Paulo, onde faz tratamento, a parlamentar agradeceu o apoio e a solidariedade de todos. – Fotos: Ascom Parlamentar

“Sem palavras para definir minha gratidão a todos os meus amigos vereadores e também ao prefeito Arthur. Todas as manifestações de amor e solidariedade que tenho recebido nos últimos dias só me fortalecem para passar por esta fase e voltar logo ao trabalho que tanto amo”, afirmou Tuti.

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

 *(Roraima em Tempo)