teste

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Camilo Santana anuncia concursos para 2.870 novos agentes de segurança

 


Camilo prometeu ainda convocar a turma remanescente do último concurso do Corpo de Bombeiros, que tem 258 aprovados

 

O governador Camilo Santana anunciou, em live nas redes sociais, nesta quarta-feira (18), novos concursos para agentes de segurança no Ceará. Até o fim do Governo, em 2022, o Estado irá convocar mais 2.870 servidores para a Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Ceará (PCCE) e Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Camilo prometeu ainda convocar a turma remanescente do último concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), que tem 258 aprovados (208 praças e 50 oficiais). Com isso, a Segurança Pública contará com o incremento de 3.128 novos homens e mulheres, nos próximos anos.

Para a Polícia Militar, o concurso será dividido em duas etapas, previstas para 2021 e 2022. Ao total, são 2.200 vagas, sendo 2.000 para soldados e 200 para oficiais. O governador ressaltou que, nos seis anos que está a frente do Governo, já contratou mais de 6 mil policiais militares.

 

Para a Polícia Civil, serão 500 novas vagas, das quais 100 são para escrivães e 400, para inspetores (não haverá vagas para delegados). Camilo disse que já contratou 1.400 policiais civis, durante os dois mandatos, e o efetivo da Instituição chegou a 3.600 servidores.

Já para a Perícia Forense, serão 170 vagas: 60 para peritos criminais, 20 para peritos legistas, 20 para médicos legistas e 70 para auxiliares de perícia. O governador prometeu que esse será o concurso “mais rápido”, pois a Pefoce tem duas sedes para inaugurar, que devem ser preenchidas com os novos servidores.

 

Camilo Santana anunciou ainda outros investimentos para a Segurança Pública do Ceará, até o fim do seu governo:

– Novas unidades do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), da Polícia Militar, em todas as cidades com Estado com mais de 30 mil habitantes.

– Reforma de todas as delegacias da Polícia Civil e quartéis militares.

– Troca do fardamento da Polícia Militar.

(Sobral em Revista)

 

Eleitos terão até 15 de dezembro para enviar dados da prestação de contas

 


O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na manhã desta quinta-feira (19), uma proposta de escalonamento da entrega presencial da mídia eletrônica contendo os documentos comprobatórios digitalizados da prestação de contas.

 

Até 15 de dezembro, todos os candidatos e partidos políticos devem enviar os metadados da respectiva prestação de contas, utilizando-se para tanto, o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE). Importante destacar que a tempestividade da apresentação das contas será aferida com o envio dos metadados até o prazo fixado de 15 de dezembro de 2020.

 

Após o envio dos metadados pela internet, a entrega presencial da mídia eletrônica será realizada de forma escalonada, a fim de reduzir a possibilidade de aglomerações e filas no Cartório Eleitoral. Desta forma, até 15 de dezembro devem ser entregues as mídias eletrônicas dos candidatos eleitos. Posteriormente, entre 7 de janeiro e 8 de março de 2021, os diretórios dos partidos políticos e os candidatos não eleitos devem providenciar a entrega presencial da mídia eletrônica das suas respectivas prestações de contas.

 

Os candidatos eleitos serão diplomados até 18 de dezembro, conforme fixado no calendário eleitoral, desde que tenham efetuado o envio dos metadados da sua respectiva prestação de contas à Justiça Eleitoral.

 

A Justiça Eleitoral irá priorizar o exame e julgamento da prestação de contas dos candidatos eleitos até 12 de fevereiro de 2021, conforme fixado pela Emenda Constitucional nº 107/2020.

*Ceará Noticiais

 

Vereador de Fortaleza faz campanha internado e se reelege

 

O vereador passou 32 dias internado para cuidar de um linfoma - Foto: reprodução redes sociais

O vereador de Fortaleza, Sargento Reginauro (Pros) conquistou mais de 5 mil votos no última dia 15 de novembro.

Reginauro conseguiu se reeleger fazendo sua campanha em um leito de hospital em Fortaleza.

 

O vereador passou 32 dias internado para cuidar de um linfoma, um tipo de câncer que atinge as glândulas linfáticas. Com os slogan, " Cuida da sua saúde que a gente cuida da sua campanha, o sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará ficou fora das ruas.

Por outro lado, sua militância pedia voto em vários locais da capital. Seu único canal de comunicação com seu eleitor, era as redes sociais.

 

 

Preso ex-deputado federal envolvido na Operação KM LIVRE em Fortaleza

 


A Polícia Federal confirmou a prisão do ex-deputado federal Adail Carneiro. O parlamentar foi preso na segunda fase da Operação KM LIVRE , que aconteceu nesta quinta-feira, 19, em Fortaleza.

Ele é acusado de chefiar um esquema milionário que movimentou cerca de R$ 600 milhões durante 20 anos com a Prefeitura de Fortaleza.

 

O ex-parlamentar no momento da prisão estava de posse de R$ 2 milhões de reais na sede de sua empresa de locação de veículos no bairro de Fátima em Fortaleza.

(O Intrigante)

LEIA MAIS


PF encontra dinheiro vivo em caixas durante operação que investiga lavagem de dinheiro e fraudes no Ceará 

https://www.blogacontece.com/2020/11/pf-encontra-dinheiro-vivo-em-caixas.html

 


IFCE oferta 1.655 vagas para cursos técnicos em 17 cidades do Ceará

 

As vagas são para cursos técnicos integrados, concomitantes ou subsequentes ao Ensino Médio. — Foto: Divulgação


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) lançou edital de seleção com 1.655 vagas para novos alunos em 17 campi para o semestre letivo 2021.1. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas exclusivamente pelo portal da instituição até o dia 27 de novembro. 

As vagas são para cursos técnicos integrados, concomitantes ou subsequentes ao Ensino Médio nos campi de Aracati, Baturité, Boa Viagem, Camocim, Canindé, Caucaia, Crateús, Itapipoca, Jaguaribe, Jaguaruana, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maranguape, Morada Nova, Tabuleiro do Norte, Tianguá e Umirim.

Os cursos técnicos integrados ao Ensino Médio são aqueles nos quais os alunos cursam a formação técnica escolhida e os conteúdos de Ensino Médio ao mesmo tempo no IFCE. Nos cursos concomitantes, o estudante cursa apenas a formação técnica no Instituto e o nível médio em outra instituição. Já nos subsequentes, os candidatos já concluíram esta etapa e agora iniciarão o curso técnico no IFCE.

 

Seleção

A seleção será realizada por meio da análise do histórico escolar dos candidatos. Há vagas para dezenas de formações, entre as quais os cursos técnicos em agropecuária, computação gráfica, edificações, eletrônica, informática, redes de computadores e segurança do trabalho. A relação completa pode ser conferida no edital de seleção, onde também pode ser consultada toda a documentação necessária para a inscrição.

Metade das vagas por curso são reservadas para candidatos egressos de escolas públicas, sendo estas divididas igualmente entre candidatos com renda bruta per capita familiar inferior ou igual a 1,5 salário mínimo e concorrentes cuja remuneração da família ultrapassa esse valor.

 

Para ambos os grupos, haverá também reserva de vagas para candidatos com deficiência e autodeclarados pretos, pardos e indígenas, de acordo com os percentuais do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 (Com G1/CE)

 

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

PF encontra dinheiro vivo em caixas durante operação que investiga lavagem de dinheiro e fraudes no Ceará

 

A quadrilha é liderada por um investigado que exerceu mandatos de deputado federal e deputado estadual no Estado do Ceará - Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (19), a segunda fase da Operação KM LIVRE , que investiga uma organização criminosa suspeita de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações, lavagem de dinheiro, entre outros crimes. Ao todo, são cumpridos 27 mandados de busca e apreensão nas cidades de Fortaleza, Russas e Caucaia (CE); Mossoró (RN); e Rio de Janeiro (RJ). Durante o cumprimento de um dos mandados na capital cearense, foi encontrado dinheiro vivo dentro de caixas na sede de uma empresa investigada no esquema.

Segundo a polícia, a investigação identificou que o grupo atuou na criação de empresas com participação de “laranjas” (pessoas atuando em nome de terceiros investigados); fraudes em licitações; fraudes na contratação de serviços de locação de veículos e motocicletas; desvios de recursos públicos; e lavagem de dinheiro com aquisição de imóveis, empresas e transações no mercado financeiro.

Conforme a PF, a organização atua há cerca de 20 anos e é comandada por um ex-deputado federal e estadual no Ceará. O nome do suspeito não foi divulgado.

A lavagem de dinheiro seria realizada por meio da aquisição clandestina de corretoras valores e de sociedades em conta de participação do ramo de energia eólica, com a ajuda de operadores do mercado financeiro.

Primeira fase

A primeira fase da Operação Km Livre foi deflagrada no ano de 2016 e realizada em parceria com a Controladoria Geral da União. Na ocasião, foram apreendidos mais de R$ 5,9 milhões em dinheiro na sede de uma das empresas investigadas, localizada no Bairro de Fátima, em Fortaleza. 

(G1/CE)

 

 

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

O deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT) tem motivo de sobra para comemorar o resultado das eleições municipais desse domingo (15).

 

Além da terceira eleição consecutiva ganha em Camocim, seu principal reduto eleitoral, que terá Betinha Magalhães comandando o município a partir de janeiro de 2021, o parlamentar elegeu aliados nos seguintes municípios:  Barroquinha (Jaime Veras), Martinópole (James Bel), Uruoca (Kennedy Aquino), Moraújo (Carlos Áquila), Frecheirinha (Helton Luís), Ibiapina (Marcão), Jijoca de Jericoacoara (Lindbergh Martins), Bela Cruz (Netinho), Amontada (Flávio Filho) e Pacajus (Bruno Figueiredo).



Ney Monte agradece aos Martinopolenses pelos votos recebidos

 


O vereador eleito Francisco Aleudiney Monte Cunha (Ney Monte), que foi candidato ao legislativo martinopolense pelo Partido Progressista (PP), obtendo 560 votos, usou as redes sociais nesta quarta-feira (18), para agradecer as manifestações de carinho, apoio e os votos recebidos nas eleições do ultimo domingo.

 

Ney havia sido eleito a vereador pela primeira vez nas eleições de 2012, obtendo 427 votos, tentou se reeleger em 2016, mas obteve apenas 384 votos, ficando na suplência. Este ano pediu mais uma oportunidade ao povo, que lhe concedeu a vitória.



MP pede condenação da prefeita reeleita de Ocara por divulgação de pesquisa eleitoral irregular e poluição ambiental

 


O Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio da Promotoria da 67ª Zona, ingressou, nessa terça-feira (17/11), com uma Representação na Justiça pedindo a condenação da prefeita reeleita do Município de Ocara, Amalia Lopes de Sousa, pela prática de “derramamento” de papéis nas ruas da cidade no dia 14 de novembro, véspera da eleição. Os panfletos traziam a informação de uma suposta pesquisa eleitoral, que mostrava a candidata à reeleição com vários pontos percentuais à frente de seus adversários nas urnas. A sondagem eleitoral, contudo, não havia sido registrada corretamente antes da data de divulgação. O registro deve ser feito para dar maior transparência e controle social dos dados, conforme consta nos incisos do artigo 33 da Lei nº 9.504/97. Caso seja condenada, a atual gestora de Ocara poderá pagar multas em valores que podem chegar a R$ 150.000,00.

 

Conforme o MPE, a Legislação Eleitoral proíbe o derrame de material de propaganda nos locais de votação ou nas vias próximas a eles, especialmente no dia da eleição. Tal prática, além de propaganda irregular, também se configura como crime eleitoral, conforme o artigo 243 do Código Eleitoral. “A prática em referência é ilegal não apenas porque causa poluição ambiental e gera riscos de acidentes, em especial a idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, mas também porque afeta a isonomia entre os candidatos: quem viola a lei beneficia-se com probabilidade bastante alta de que eleitores, especialmente aqueles que ainda não decidiram em quais candidatos votar, optem por votar naqueles que aparecem nos ‘santinhos’ derramados pelo chão”, reforça o promotor Antônio Forte, titular da Promotoria da 67ª Zona Eleitoral e autor da Representação.

 

Em seu pedido, o MPE ressalta, inclusive, que todos os candidatos, partidos e coligações detêm o domínio de seus respectivos materiais de propaganda eleitoral, sendo então responsáveis pela posse, guarda, distribuição, bem como pela posterior limpeza e destinação final dos resíduos gerados, o que torna evidente suas responsabilidades em casos como o ocorrido em Ocara.

(Ministério Público do Estado do Ceará)

 

MPCE recomenda que Municípios de Cariré e Groaíras instituam equipes de transição

 


Para haver uma continuidade dos atos da Administração Pública após as eleições em Cariré e Groíras, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) expediu Recomendações para que estes municípios instituam equipes de transição mista, composta por representantes tanto da gestão em curso, quanto dos políticos eleitos.

Conforme o órgão ministerial, historicamente, as transições de poder nos municípios são marcadas por irregularidades. Além disso, serviços como educação infantil, atendimento à saúde de pessoas carentes, limpeza e saneamento, dentre outros, não podem sofrer interrupção. Portanto, o MP orienta que sejam indicadas pessoas com habilitação profissional e com experiência em licitações e em Direito Administrativo para compor a equipe de transição.

Cada equipe deve ter técnicos da confiança do futuro gestor nas áreas contábil, tributária, jurídica, de recursos humanos, de obras, de planejamento, de comunicação social, entre outras. Os grupos de trabalho também devem verificar a base de dados de todos os sistemas e o levantamento documental de todos os atos e fatos orçamentários, financeiros, fiscais e patrimoniais do município. É responsabilidade desses profissionais apresentar o levantamento das dívidas dos municípios, com informações detalhadas dos nomes dos credores e as datas com os respectivos vencimentos.

Em relação aos contratos de obras, serviços e fornecedores, os membros das equipes deverão averiguar a situação de pagamento e se os procedimentos licitatórios respectivos estão de acordo com a legislação pertinente. Será necessário realizar um levantamento das ações judiciais que envolvem os municípios, investigando o cumprimento de prazos, a situação em que se encontra o processo, a instância que irá julgá-lo, os argumentos da outra parte e outros detalhes que a assessoria jurídica vier a identificar.

Dentre as solicitações aos titulares das gestões atuais de Cariré e Groaíras, o MP recomenda a realização, até o término do mandato, de uma prestação de contas parcial dos convênios e dos contratos de repasse, bem como da adoção das medidas administrativas necessárias para assegurar a continuidade dos atos da Administração Pública. Já aos futuros gestores, é recomendado a preservação de todo o acervo documental recebido da antiga gestão, a substituição gradual dos ocupantes dos cargos do governo, a solicitação dos projetos de leis à Câmara de Vereadores, entre outros pedidos.

Os municípios têm o prazo de 10 dias úteis para resposta sobre aceitação ou não das Recomendações, além de um prazo de cinco dias após a homologação do resultado das eleições ou após o recebimento da recomendação, para instituir a equipe de transição mista. O descumprimento das Recomendações causará uma rápida responsabilização dos infratores, com a promoção das ações penais e de improbidade administrativa cabíveis.

Confira aqui a Recomendação ao município de Cariré na íntegra
Confira aqui a Recomendação ao município de Groaíras na íntegra

(Ministério Público do Estado do Ceará)

Oito prefeitos eleitos no Ceará correm risco de não assumir mandato

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é quem dá a palavra final sobre as candidaturas indeferidas nas disputas eleitorais Foto: Abdias Pinheiro/STF

Pelo menos oito candidaturas eleitas, no pleito do último domingo (15), para comandar prefeituras do Ceará ainda terão de resolver pendências na Justiça Eleitoral até a data da diplomação em dezembro.

O cenário de indefinição atinge a rotina de ao menos 472 mil cearenses. São as candidaturas que ainda estão indeferidas (não aceitas) pela Justiça, ou seja, as que estão em situação de “sub judice”.

 

Em Viçosa do Ceará, foi reeleito Zé Firmino (MDB) com 51% dos votos. A Justiça, porém, ainda vai julgar o caso do prefeito que está respondendo por abuso de poder político. Candidato à reeleição, ele precisa explicar a construção de poços no período pré-eleitoral — uma prática vedada pela legislação eleitoral.

 

No município de Missão Velha, Dr. Washington (MDB) foi eleito para voltar ao comando municipal depois de receber 51,36% dos votos. Lá, a indefinição é em relação à reprovação das contas do gestor quando ocupava o mandato de prefeito. Há uma investigação correndo no Tribunal de Contas da União (TCU) em razão da desaprovação da prestação de contas de convênio celebrado com o município com o objetivo de “incentivar o turismo, por meio do apoio à realização do evento intitulado I KaririFest”. A defesa de Washington recorreu da decisão, mas houve apenas a redução do débito e da multa aplicada no processo. A rejeição das contas foi mantida, e um novo recurso foi interposto.

 

Já em Pedra Branca, Antônio Gois (PSD) foi eleito com 29,71% dos votos na disputa pela Prefeitura. De acordo com o processo, o pedido de registro de candidatura foi alvo de impugnações do Ministério Público Eleitoral e da coligação opositora ao pontuar que o ex-gestor, quando governava a cidade, apresentou pedido de renúncia do mandato, em 2019, “para evitar cassação em procedimento instaurado no Legislativo Municipal”. O recuo está previsto em trecho da legislação sobre inelegibilidade.

  

James Bel (PP) foi eleito para administrar o Município de Martinópole com 50,08% dos votos. O prefeito eleito ainda espera julgamento final do caso dele. O Ministério Público Eleitoral recorreu da decisão do TRE-CE que havia deferido a candidatura. A promotoria ressalta que o prefeito eleito abandonou o emprego público de professor depois que deixou a gestão municipal. A defesa de Bel recorreu no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

O TRE-CE indeferiu por unanimidade, ontem, o registro de candidatura da prefeita eleita de Caridade, Simone Tavares. A decisão da Corte da candidata eleita com 52,51% dos votos é com base na Lei da Ficha Limpa. Segundo a Justiça, quando foi secretária municipal da cidade, Simone teve contas de gestão da Secretaria Municipal de Saúde reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) após a identificação de uma série de irregularidades.

Em 2004, durante a gestão, foi realizada a compra de R$ 55,2 mil em medicamentos sem licitação, e houve ainda atraso na remessa ao TCM de documentação mensal relativas a despesas e receitas. A candidata vai recorrer.

 

Já em Frecheirinha, Helton Luis (PDT) foi eleito com 52,64% dos votos. A candidatura, apesar de deferida no site do TSE, foi revisada devido às contas reprovadas do então candidato que já governou a cidade em outras três oportunidades. Em vídeo nas redes sociais, o prefeito eleito disse aos apoiadores que não há impedimentos para que ele assuma o novo mandato.

 

Chapa

Em Senador Sá, o cenário de impedimento não é ligado diretamente ao cabeça de chapa, Bel Junior (PP), que foi eleito com 58,15% dos votos. O candidato a vice na chapa, José Vilane (MDB), é quem precisa resolver a pendência. Quando presidente da Câmara, ele autorizou aumento salarial para os colegas vereadores. O TRE-CE entendeu que o episódio se enquadra em improbidade administrativa.

A defesa da chapa explicou que a Corte julgou o caso quando não havia mais tempo hábil para a substituição do candidato, que até então havia recebido sinal verde da Justiça Eleitoral para concorrer. A defesa espera o julgamento de embargos (recurso) para levar o caso ao TSE. O indeferimento do candidato à vice, caso confirmado na instância final, interfere na chapa inteira.

 

Parecer

O caso que ganhou maior repercussão nesta semana é o de Juazeiro do Norte, com a eleição de Glêdson Bezerra (Podemos). Eleito com 38,18% dos votos, o prefeito eleito vai explicar na Justiça sobre os questionamentos da desincompatibilização dele do cargo de Policial Civil. A legislação eleitoral estabelece prazo para que o servidor se desincompatibilize do cargo para concorrer.

 

Julgamento

A secretária judiciária do TRE-CE, Orleanes Cavalcanti, explica que se a candidatura chegar a ser deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral ou pelo TSE — o que deveria ser natural — haverá a proclamação do eleito e, como consequência, a posse em 1° de janeiro. “Se não, se houver a confirmação do indeferimento pelo TRE, ainda assim permanece a condição sub judice sem haver proclamação. Chega-se ao TSE. Se esse indeferimento se confirmar em definitivo, ou com trânsito em julgado ou com decisão do TSE, haverá novas eleições”, explica.

Segundo ela, se a condição sub judice perdurar, não haverá diplomação, consequentemente, não haverá posse. Sobre os prazos que esses candidatos eleitos têm para saber se assumirão os mandatos, ou se haverá nova eleição, “o TSE editará uma portaria, ainda esse ano, com as datas para realização de eleições suplementares em 2021”.

 

Lentidão

Para o presidente da Comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), Fernandes Neto, o grande problema enfrentado em campanhas é a lentidão com que os processos são analisados pelas Cortes eleitorais.

“O Brasil judicializa muito as eleições. Não é incomum que os processos permaneçam independente da eleição, tanto os registros de candidaturas quanto os que visam cassar por abuso de poder, por compra de votos, etc, (fora do período eleitoral). É uma tendência da Justiça brasileira. De fato, não dá tempo, e ocorre um absurdo de você ter um pleito realizado com candidaturas pendentes”, afirma.

 

Para o especialista, a saída para esse problema que traz insegurança aos eleitores seria a legislação antecipar esse período de registro de candidatura para que houvesse tempo viável de julgamento. “É como se o candidato fizesse um check up anterior junto à Justiça. (Antecipando) lá pra maio ou junho o período de análise. E, esse caso tendo condições de candidatura, já se inscreveria com a garantia da elegibilidade”, pontua o especialista.

Fernandes Neto lembra que a sociedade foi às urnas em uma pandemia, os gastos com campanha foram feitos — inclusive com dinheiro público — e ainda com o risco da eleição ficar invalidada. A lentidão na análise dos pedidos, para o advogado, traz prejuízos econômicos para a sociedade, tendo em vista as eleições suplementares que ocorrem em meio a esses casos.

 

Continue lendo na fonte...

 

 

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Vereador Betão é reeleito em Martinópole para o 3º mandato

 

Francisco Ediberto, vereador de Martinópole pelo 3º mandato (Foto: Arquivo pessoal)

Em Martinópole, na região noroeste do Estado, o vereador Francisco Ediberto de Souza, 43 anos, mais conhecido como Betão, do PP, foi reeleito para o seu 3º período na Câmara de Vereadores. Neste domingo, ele fez 622 votos e foi o terceiro mais votado na disputa de Martinópole.

Em meio a euforia dos eleitores, Betão é carregado nos braços, veja no vídeo abaixo.


Leia mais

Martinópole/CE: vereador Betão aposta no trabalho para reeleição

https://www.blogacontece.com/2020/11/eleicoes-2020-vereador-betao-aposta-no.html

Martinópole: Vereador pede para prefeito ter mais respeito com a população

https://www.blogacontece.com/2020/08/martinopole-vereador-pede-para-prefeito.html

Ação na justiça cobra que prefeito de Martinópole cumpra medidas de prevenção contra o coronavírus

https://www.blogacontece.com/2020/04/acao-na-justica-cobra-que-prefeito-de.html

VEREADORES COBRAM NA JUSTIÇA CORREÇÃO DO PISO SALARIAL DOS PROFESSORES DE MARTINÓPOLE

https://www.blogacontece.com/2018/04/vereadores-cobram-na-justica-correcao.html

VEREADORES JOÃO SAMPAIO E BETÃO APRESENTAM REQUERIMENTOS DE INFORMAÇÃO NA SESSÃO DA CÂMARA

https://www.blogacontece.com/2017/10/vereadores-joao-sampaio-e-betao.html



Prefeito morre na véspera da eleição e é reeleito com 60,8% dos votos

 

Foto: Reprodução/Partido Verde

Neste domingo (15), o prefeito de Passa Quatro, em Minas Gerais, foi reeleito com 60,8% dos votos. No entanto, o candidato havia morrido na véspera da eleição.

Antônio Claret Mota Esteves, do Partido Verde, sofreu um infarto e estava internado há duas semanas, falecendo no sábado (14). O PV solicitou a substituição do candidato nas urnas eletrônicas antes do início da eleição, mas os aparelhos já estavam lacrados.

Claret foi o prefeito mais novo da história da cidade, aos 28 anos, em 1986. Em sua trajetória de candidatura, já foi vereador, presidente da Câmara, vice-prefeito e prefeito duas vezes. Nas eleições de 2020, teve o total de 5.638 votos em Passa Quatro.

(Fonte: Tibuna de Jundiaí)

Três deputados estaduais foram eleitos prefeitos. Dois continuam na disputa.

 


Três deputados estaduais foram eleitos prefeitos nos municípios em que atuam nas eleições realizadas neste domingo (15/11). Os deputados estaduais Bruno Gonçalves (PL), Nezinho Farias (PDT) e Patrícia Aguiar (PSD) foram eleitos prefeitos, respectivamente, nos municípios de Aquiraz, Horizonte e Tauá.

 

Como suplente de Bruno Gonçalves, pela bancada do Patriota, eleita em 2018, será efetivado o suplente Gordim Araújo. Devido à eleição de Nezinho Farias para a prefeitura de Horizonte, será efetivado o primeiro suplente da coligação PP/PDT/PR/DEM/PRP, Lucílvio Girão (PP). Já para o lugar de Patrícia Aguiar (PSD), eleita prefeita de Tauá, assume o suplente Davi do Raimundão (MDB), pela coligação MDB/PHS/Avante/SD/PSC/PODE/PRB.

 

Dois deputados ainda seguem na disputa em segundo turno. José Sarto (PDT), presidente da Assembleia , está no segundo turno da eleição em Fortaleza, enquanto que Vitor Valim (PROS) disputa o segundo turno em Caucaia.

*Sobral em Revista

Candidato a prefeito realiza carreata da vitória e perde a eleição

 

O candidato a prefeito Márcio Luiz, do MDB, em Porangatu (GO) realizou uma carreata pelas ruas da cidade para comemorar sua vitória. Só que ainda não tinha terminado a apuração dos votos das últimas urnas, que deu a candidata Vanuza Valadares (Podemos) a eleição, com uma diferença de 45 votos.

Marcio Luís depois do resultado gravou um vídeo reconhecendo o erro, ironizou a situação.

*Fonte: G1

 

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Dois irmãos se elegem prefeitos de Martinópole e Senador Sá, cidades vizinhas

 

James Bel e Bel júnior, ambos do Partido Progressista (PP)

Duas cidades vizinhas aqui na Região Norte do Estado terão gestões da mesma família. Os irmãos Bel Júnior (PP) eleito prefeito de Senador Sá com 58,15% dos votos válidos. O irmão James Bel (PP) venceu na cidade vizinha, Martinópole-CE, com 50,08%.


Apesar da vitória nas urnas, James Bel aguarda decisão do Tribunal Superior Eleitoral sobre o deferimento de sua candidatura a qual já havia sido deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral. Entretanto, a Coligação da qual o candidato adversário Júnior Fontenele faz parte, entrou com recurso pedindo o indeferimento da candidatura de James devido a um processo administrativo  em desfavor do candidato por abandono de emprego.


Já o candidato eleito Bel Júnior, também aguarda decisão do Tribunal Superior Eleitoral, haja vista que o candidato a vice-prefeito Vilane, teve a candidatura indeferida em primeira e segunda instância, nesta circunstância, a chapa (Bel Jr. e Vilane) permanece anulada sob judice, ou seja, se encontra no TSE aguardando uma decisão do pleno.

Entenda mais fazendo uma retrospectiva clicando nos links baixo:

Martinópole/CE: James Bel tem candidatura a prefeito deferida pelo TRE/CE

https://www.blogacontece.com/2020/10/martinopolece-james-bel-tem-candidatura.html

Justiça Eleitoral indefere candidatura de James Bel, ele se manifesta nas redes sociais. 

https://www.blogacontece.com/2020/10/justica-eleitoral-indefere-candidatura.html

Ministério Público requer a impugnação da candidatura de James Bel em Martinópole 

https://www.blogacontece.com/2020/09/ministerio-publico-requer-impugnacao-da.html

TRE-CE julga improcedente ação contra James Bel que o condenou por inelegibilidade 

https://www.blogacontece.com/2020/04/tre-ce-julga-improcedente-acao-contra.html 

TCE aprova por unanimidade contas do ex-prefeito James Bel 

https://www.blogacontece.com/2019/10/tce-aprova-por-unanimidade-contas-do-ex.html

Eleições 2020: James Bel oficializa pré-candidatura a prefeito de Martinópole 

https://www.blogacontece.com/2019/09/eleicoes-2020-james-bel-oficializa-pre.html


Justiça determina que radialistas e blogueiros retire notícia falsa sobre candidatura de Bel Jr. e Vilane das redes sociais e Blogs. 

https://www.blogacontece.com/2020/11/justica-determina-que-radialistas-e.html