<>

sábado, 15 de junho de 2019

André Fernandes apresenta denúncias contra deputados ao Ministério Público

Foto: divulgação
O deputado estadual André Fernandes (PSL) apresentou nesta sexta-feira ao Ministério Público do Estado (MPE) denúncias de suposto envolvimento de colegas de Assembleia Legislativa (AL-CE) com facções criminosas.

O anúncio foi feito via redes sociais.

Sobre a polêmica levantada pelas declarações dadas na tribuna da AL durante a semana, Fernandes escreveu: “Não posso ser irresponsável a ponto de citar nomes apenas através de denúncias embasadas em indícios, e o art. 150 -A do regimento interno da ALECE me assegura esse direito”.

O parlamentar prosseguiu: “Independente do cargo ou função, lugar de bandido é na cadeia!”

Mais cedo nesta sexta-feira, André Fernandes esteve na AL para, segundo ele, rebater críticas de outros parlamentares feitas no dia anterior – eles exigiram que o deputado declinasse nomes, já que se tratava de uma denúncia grave e que lançava suspeição sobre todo o Legislativo estadual.

“Avisei ontem que iria me pronunciar hoje na Assembleia sobre os últimos acontecimentos”, registrou o pesselista, “porém deputados da base faltaram e não teve quórum pra levantar a sessão”.

O povo/política


Lava Jato nega que procurador seja hacker por trás de vazamentos


 Lava Jato nega que ex-integrante da força-tarefa seja hacker (Foto: Agência Brasil)
A força-tarefa da Lava Jato classificou como “fake news” mensagens divulgadas por meio de Whatsapp segundo as quais o procurador da República Diogo Castor de Mattos seria o hacker por trás do vazamento de conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

“Tais imputações são absurdas e caluniosas,” afirmou o Ministério Público Federal em nota publicada neste sábado.

Segundo o órgão, as acusações “estão sendo feitas com base em reportagens antigas contendo mentiras já devidamente rechaçadas anteriormente em notas divulgadas pela assessoria de comunicação do MPF/PR nos anos de 2017 e 2018”.

Ainda em abril, o  Conselho Nacional do MP abriu reclamação disciplinar contra Castor por declaração dada ao site O antagonista.

Nela, o procurador, que hoje não integra mais a Lava Jato, diz que a segunda turma do Supremo Tribunal Federal é a “turma do abafa” e que a operação estava sob ataque.

A reclamação foi solicitada pelo presidente do STF, Dias Toffoli, e aberta pelo CNMP.

Desde o último domingo, o The Intercept Brasil vem publicando reportagens que revelam conversas que mostram colaboração entre o ex-juiz Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Leia a íntegra da nota da Lava Jato em Curitiba

Força-tarefa repudia acusações genéricas contra procurador da República
Trata-se de fake news o conteúdo que vem sendo compartilhado por meio de grupos de Whatsapp e publicado em alguns blogs que mencionam a atuação do procurador da República Diogo Castor de Mattos como suposto autor de hackeamento de mensagens atribuídas à força-tarefa Lava Jato em Curitiba.

Tais imputações são absurdas e caluniosas, e estão sendo feitas com base em reportagens antigas contendo mentiras já devidamente rechaçadas anteriormente em notas divulgadas pela assessoria de comunicação do MPF/PR nos anos de 2017 e 2018. 
O povo/política





Ameaçado de denúncia a Conselho de Ética, Fernandes reage: “É crime falar a verdade?”


André Fernandes repetiu acusação contra deputados estaduais (Foto: Divulgação)
Ameaçado de convocação no Conselho de Ética da Assembleia em duas ações, o deputado estadual André Fernandes (PSL) reforçou nesta quinta-feira, 13, denúncia da existência de parlamentares do Estado que teriam ligações com facções criminosas.

“Partidos políticos articulam um processo contra mim no conselho de ética por “quebra de decoro” após meu discurso de ontem, onde falei que recebo no meu gabinete diariamente denúncias de supostos deputados envolvidos com facções criminosas”, disse Fernandes, no Twitter.

“É crime agora falar a verdade? Amanhã estarei me pronunciando a respeito disso! Aguardem!”, conclui o deputado. Na manhã desta quinta-feira, 13, o deputado foi alvo de diversas críticas de deputados da Casa, que cobram que Fernandes dê “nome aos bois” da acusação.

“Do jeito que ele falou, todos os deputados estão suspeitos. Então o deputado vai ter que citar nomes (…) não vou aceitar que meu nome e de meus colegas passe como conivente a esse tipo de coisa”, disse Elmano de Freitas (PT). “Se ele não tiver coragem para citar nome, deve ser punido”.

“André é deputado de primeiro mandato, mas inexperiência não é sinônimo de irresponsabilidade, de covardia, de jogar acusações ao vento sem comprová-las”, disse o líder do governo na Assembleia, Júlio César Filho (PDT). “O deputado não é mais só youtuber, ele é deputado e tem responsabilidade”.
O povo/política




Casal acusado de traficar drogas em Camocim é preso por PM's do raio

Um casal foi preso por pm’s do Raio de Camocim sob a acusação de traficar no bairro da Praia. Os acusados foram identificados como Francisco Ernilson Pereira da Silva, 32 anos, natural de Martinópole e Elisângela Santos de Cruz, de 40 anos. A informação é do Camocim Polícia 24h.

Conforme informações repassadas ao blog, já existia várias denúncias informando que o casal estaria traficando em uma residência localizada na Rua Siqueira Campos, no bairro Praia, em Camocim. A partir das denúncias os pm’s realizaram um levantamento e passaram ter a certeza quanto a veracidade da denúncia.

Prisões

Os pm’s da equipe Raio 01 foram até a dita residência e ao se aproximarem localizaram Ernilson, sendo que este ao ver o policiamento jogou uma trouxa de maconha. Dentro da casa do indivíduo os militares encontraram sua companheira que admitiu ter escondido mais algumas trouxas de maconha e uma de cocaína. Ainda com o casal os policiais apreenderam R$ 98,00 e um aparelho celular de origem duvidosa. Diante do caso foi dada voz de prisão ao casal e levado para a DPC de Camocim, local onde a Delegada Patrícia Brito autuou os dois sob acusação de tráfico de drogas e associação para o tráfico.


sexta-feira, 14 de junho de 2019

Granja/Martinópole: Sinalização de estrada esburacada vira piada entre motoristas

A pagina Ceará Acontece havia publicado no ultimo domingo 9, a piada entre os usuários da CE-362, no trecho entre os municípios de Martinópole e Granja.

Agora a noticia ganhou repercussão nos sites de noticias da região. O motivo da piada seria a renovação da sinalização horizontal da referida rodovia sem antes passar por uma restauração, haja vista que a mesma se encontra com vários buracos.

A pintura na pista contrasta com as condições de trêfego devido aos buracos que se acumulam na rodovia.

A iniciativa foi motivo de chacota por parte de motoristas que criticam o estado. Ao invés de promover o conserto dos buracos, sinalizaram por dentro dos mesmos.
*Com CPN- André Martins


quinta-feira, 13 de junho de 2019

Cerveja exclusiva do Ceará, feita com mandioca da Chapada do Araripe, é lançada em Fortaleza


Ambev lançou nesta quinta-feira, 13, a cerveja Legítima, produzida com mandioca da Chapada do Araripe. (Foto: Irna Cavalcante/ O Povo)
Uma nova cerveja chega aos pontos de venda de Fortaleza a partir desta quinta-feira, 13. A bebida tem na sua composição um ingrediente típico do Ceará - e até agora incomum no mercado de bebidas alcoólicas: a mandioca, cultivada no extremo sul do Estado.

Além do componente da receita, todos os processos de fabricação, envase e distribuição serão feitos na cervejaria da empresa localizada no município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com Jean Jereissati, presidente da Ambev, aproximadamente 150 pequenos agricultores da Chapada do Araripe estão envolvidos na produção da cerveja. “Nossa expectativa é chegar ao fim de 2021 impactando 600 famílias, entre produtores, arrancadores e transportadores”, anunciou, no evento de lançamento do produto, nesta quinta.

Também presente no evento, Élcio Batista, secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, destacou a importância do novo produto para o fomento da agricultura local e familiar e da economia regional. A valorização das identidades locais, com um produto inspirado nos costumes e cultura cearenses, foi outro aspecto levantado por ele. "Em um mundo globalizado, reconhecer as identidades locais sem cairmos nos nacionalismo extremos é um ponto fundamental".
*O POVO - Com informações da repórter Irna Cavalcante



Polícia prende 20 suspeitos de participar de grupo criminoso em Sobral, no Ceará


A operação em Sobral, no norte do Ceará, foi batizada de "Os Covardes" — Foto: Mateus Ferreira/SVM
A Polícia Civil do Ceará cumpriu 30 mandados de prisão, na manhã desta quinta-feira (13), em uma operação contra o crime organizado em Sobral, no Norte do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, 20 suspeitos de envolvimento com o grupo foram efetivamente presos nesta quinta. Outros 10 mandados foram cumpridos contra pessoas que já estavam detidas no sistema prisional cearense.

Segundo o delegado Marcos Aurélio, do Departamento de Polícia do Interior (DPI) Norte, a organização criminosa atuava em todos os bairros de Sobral e é suspeita de cometer crimes como assaltos a bancos e homicídios.

Cerca de 200 agentes de segurança de todo o estado participaram da ação. A operação foi denominada "Os Covardes", em referência ao grupo criminoso, que era encabeçado por uma dupla conhecida como "Irmãos Coragem".
Foram apreendidas drogas, munição e documentos — Foto: Mateus Ferreira/SVM

Durante a operação, foram apreendidas drogas, munição "e outros documentos importantes que irão instruir o inquérito", disse o delegado.

Participam da operação policiais da região Norte, de Fortaleza e da Região Metropolitana, incluindo forças especializadas, além da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).
*Com G1/CE