eiro o POVO

sexta-feira, 6 de abril de 2018

VEREADORES COBRAM NA JUSTIÇA CORREÇÃO DO PISO SALARIAL DOS PROFESSORES DE MARTINÓPOLE

Vereadores: Edberto de Souza e Antonio João de Sampaio (Foto: reprodução Facebook)
Os vereadores Edberto de Souza (Betão) e João Sampaio, através da advogada Larissa Linhares, protocolaram na tarde desta sexta-feira, 06, na Comarca de Martinópole, Ação Popular que cobra a correção do Piso Salarial dos professores da Educação Básica do município de Martinópole.

Os vereadores legítimos representantes do povo, procuraram a Justiça para garantir os direitos dos professores, o piso salarial garantido pela Lei Federal 11.738/2008, que estabelece a atualização anual do Piso Nacional do Magistério, sempre a partir de janeiro. Os dois vereadores alegam que a classe de professores do município está sendo prejudicada desde janeiro de 2018, mês a partir do qual o prefeito Júnior Fontenele (PSD), passou a não cumprir a Lei do Piso e o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Profissionais do Magistério Publico Municipal.

Ação com pedido de liminar além de cobrar a atualização do Piso já implementado por Lei Federal com reajuste de 6,81% este ano, cobra os valores retroativos a janeiro de 2018. Veja Ação clicando (AQUI).





Postar um comentário