segunda-feira, 18 de abril de 2022

TRE-CE mantém os mandatos do prefeito e vice de Juazeiro do Norte, caso segue para o TSE

 

A chapa havia sido cassada por abuso de poder econômico na campanha de 2020 na primeira instância, mas foi absolvida pelo Tribunal em agosto do ano passado (Foto: reprodução)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) julgou pela manutenção dos diplomas do prefeito de Juazeiro do Norte, a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) e uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) contra Glêdson Bezerra (Podemos), e de seu vice, Giovanni Sampaio (PSD); assim, os dois permanecem nos cargos e a cidade não precisará passar por novas eleições.

 

A chapa havia sido cassada por abuso de poder econômico na campanha de 2020 na primeira instância, mas foi absolvida pelo Tribunal em agosto do ano passado.

 

A defesa do ex-prefeito Arnon Bezerra (PDT), que entrou com pedido de impugnação por compra indevida de combustível, com despesas não lançadas em prestação de contas; uso indevido de helicóptero durante carreata e derrame de santinhos por helicóptero, já anunciou através do advogado José Boaventura que levará o caso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

A relatora do caso, Kamile Moreira Castro, foi acompanhada por unanimidade pelos demais juízes. Com o resultado, Glêdson e Govanni se mantêm no cargo até que o TSE julgue o novo recurso.

(Ceará Noticias)

 

 

Nenhum comentário: