quinta-feira, 12 de maio de 2022

Coreaú tem novo prefeito enquanto aguarda eleição suplementar

 

Enquanto ocorre o processo eleitoral, assume a prefeitura o presidente da Câmara, vereador Caburé.

Os eleitores de Coreaú, Zona Norte do Ceará, devem voltar as urnas no mês de junho. A realização da eleição suplementar para os cargos de prefeito(a) e vice do município deve acontecer em 26 de junho, tendo a possibilidade das  convenções partidárias acontecerem ainda em maio - os dois momentos ainda precisam de homologação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE).

 

Conforme a portaria 685, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o calendário de eleições suplementares em 2022 dispõe dos dias 15 de maio, 5 de junho, 27 de novembro e 11 de dezembro de 2022.


Na noite desta quarta-feira (11) o presidente da Câmara, vereador Anastácio Caburé (PDT) assumiu a prefeitura de Coreaú, após cassação do prefeito Edézio Sitonho (PDT) e da vice Érika Frota (PDT).


O vereador Francisco Antônio de Menezes Cristino, irmão do deputado federal Leônidas Cristino, também perdeu mandato. Além da cassação, foi imposta a sanção de inelegibilidade para os três nas eleições pelos oito anos subsequentes ao pleito.

 

Antes de ato solene no Paço Municipal em que o prefeito afastado Edézio Sitonho (PDT) passou o comando do executivo para Caburé (PDT), aconteceu eleição para vice-presidente da Câmara de Coreaú, quando tornou-se o presidente da câmara de vereadores Dr. Francimor (PSB) que permanece na presidência até o retorno de Caburé (PDT) a titularidade no legislativo coreauense.

Com Sobral de Prima


 

Nenhum comentário: