teste

domingo, 19 de julho de 2020

Câmara dos Deputados vota contra ampliação do Auxílio Emergencial até dezembro. Apenas 10 deputados cearenses votaram a favor. Veja a lista


(Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados)
Na última quarta-feira, 15, o plenário da Câmara dos Deputado realizou votação remota para deliberar sobre a ampliação do Auxílio Emergencial até dezembro, concebido a trabalhadores informais prejudicados pela pandemia do novo coronavírus e beneficiários do Bolsa Família.


Com a maioria dos votos para não (309 votaram não e 123 votaram sim), a emenda foi rejeitada, atendendo interesse do Governo Federal, sob orientação dos lideres governistas, o que resultou no prejuízo da tramitação da extensão do Auxílio que tem ajudado milhões de famílias e trabalhadores.

Da bancada cearense de 22 (vinte e dois) deputados, apenas 10 (dez) votaram a favor para continuidade do auxílio emergencial e A FAVOR da população mais necessitada.

Veja a lista dos deputados que votaram a favorável.

André Figueiredo (PDT-CE)
Mauro Filho (PDT-CE)
Idilvan Alencar (PDT-CE)
Eduardo Bismarck (PDT-CE)
Leônidas Cristino (PDT-CE)
Luizianne Lins (PT-CE)
José Guimarães (PT-CE)
José Airton (PT-CE)
Denis Bezerra (PSB-CE)
Célio Studart (PV-CE)

Veja a lista dos deputados que votaram "NÃO" para a continuidade do auxilio emergencial e CONTRA a população mais necessitada.

AJ Albuquerque (PP-CE)
Capitão Wagner (PROS-CE)
Danilo Forte (PSDB-CE)
Deuzinho Filho (Republicanos-CE)
Domingos Neto (PSD-CE)
Jaziel (PL-CE)
Genecias Noronha (Solidariedade-CE)
Heitor Freire (PSL-CE)
Júnior Mano (PL-CE)
Moses Rodrigues (MDB-CE)
Pedro Bezerra (PTB-CE)

O Deputado Robério Monteiro não compareceu a sessão que é realizada remotamente



Nenhum comentário: