quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Camilo proíbe festas de pré e carnaval e limita eventos a até 500 pessoas

 

Governador argumenta que alguns pontos de testagem contra covid no Ceará tiveram aumento de mais de 100 vezes na positividade

O governador Camilo Santana (PT), anunciou nesta quarta-feira (5), novo decreto com regras mais rígidas sobre o isolamento social. Todos os eventos de carnaval e pré-carnaval estão suspensos por tempo indeterminado. Outra medida é a redução na capacidade de público em eventos realizados no estado. A redução é válida por 30 dias a partir da publicação do decreto.

 

Segundo Camilo, o decreto será publicado ainda nesta quarta-feira. Ele terá detalhes sobre como a redução e a fiscalização vão funcionar na prática. “Precisamos evitar as grandes aglomerações que estão acontecendo no Ceará para que possamos proteger os cearenses dessa nova variante ômicron”, afirma o governador. As novas regras apontam limite de 250 pessoas para eventos fechados e 500 pessoas para espaços abertos.

 

As novas normas levam em conta o aumento de casos de covid-19 no Ceará e rompante de surtos virais, sobretudo de Influenza. Segundo Camilo, os especialistas de saúde identificam as aglomerações em grandes festas como vetor de infecção por covid.

 

Uma das medidas emergenciais para lidar com o novo quadro é a distribuição de testes para identificação de síndrome viral para todos os municípios cearenses. Segundo o secretário da Saúde, Marcos Gadelha, em alguns pontos de testagem mantidos pela Sesa, a taxa de positividade aumentou mais de 100 vezes. Outro indicador do avanço da pandemia é a procura assistencial por parte da população.

 

A vacina continua sendo importante, mesmo em caso de avanço da variante ômicron, pois ela fortalece os sistemas imunológicos. “As pessoas vacinadas, uma vez que pegam a doença, possuem sintomas leves, em sua maioria”, diz Camilo. Marcos Gadelha frisa que a imunização de quem está vacinado não é achismo, mas dado científico.

 

O Hospital Leonardo Da Vinci será reabilitado como centro de referência para síndromes respiratórias no Ceará. Inicialmente, já houve aumento de 10 para 60 leitos de UTI na unidade. Outro recurso que será implementado, a Sesa vai ampliar a utilização da telemedicina como apoio ao atendimento presencial.

(O Otimista)



Nenhum comentário: