<>

eiro o POVO

terça-feira, 29 de maio de 2018

Camocim: preço do pescado fica até 7% mais barato


Devido a grande quantidade de pescados, preço do Peixe caiu aproximadamente 7% nos últimos dias em Camocim.
Com os valores dos pescados, pesando menos no bolso, a população pode comprar o produto de melhor qualidade em Camocim. Nos últimos dias o quilo do serrinha chegou a variar entre R$ 7 e 10 reais, a pescadinha chegou a ser vendida por R$ 5 reais o quilo no mercado público de Camocim. Esses valores foram constatados pela nossa produção nesta segunda-feira 28.

Para a dona de casa a situação melhorou quando comparada à Páscoa. "O tempo estável favorece a pesca em alto-mar, colaborando para aumentar a quantidade de pescado disponível no mercado", pontua um dos vendedores,  José Vasconcelos.

Compra do produto fresco requer atenção

Para comprar peixe de boa qualidade é importante o consumidor estar atento a diversos detalhes. As guelras, por exemplo, que devem estar brilhantes, úmidas e com cor entre o rosa e o vermelho intenso. As escamas devem ter aparência firme, serem unidas e sem viscosidade. Os olhos devem ser brilhantes e salientes.

No caso dos moluscos e crustáceos também vale observar se existem manchas na pele ou na carapaça. Polvos e lulas devem ter a carne consistente e elástica.

Após o descongelamento, os pescados só podem ser congelados novamente se forem cozidos e preparados. No congelamento caseiro, os peixes devem ser mantidos inteiros, porém sem as vísceras. Já os camarões e lagostas devem ser congelados sem cabeça.

Nunca se deve congelar espécies diferentes em um mesmo recipiente. Ao manusear o pescado, o vendedor deve utilizar luvas descartáveis e a higiene do local de venda deve ser observada como um todo. Os peixes são alimentos perecíveis, por isso é necessário tomar cuidado com seu manuseio.

SAUDÁVEL - As gorduras encontradas nos peixes são importantes, pois são ricas em Ômega 3 e recomendadas no combate às doenças cardíacas e na redução do mau colesterol. Uma opção com alto teor ácidos graxos Ômega 3 é a sardinha, especialmente quando comprada fresca e não em conserva.




Postar um comentário