eiro o POVO

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Prefeito de Santana do Acaraú segue foragido após 14 horas do crime


Marcelo Arcanjo é policial federal aposentado (Foto: Reprodução/ Facebook)
Marcelo Arcanjo (MDB), prefeito de Santana do Acaraú, está foragido desde a noite dessa quarta-feira, 30, após ser acusado de ter envolvimento com o assassinato de um ex-funcionário da prefeitura.

Segundo o tenente-coronel Francisco Assis Azevedo, o prefeito teria saído da cidade em um veículo não identificado. Na manhã desta quinta-feira, 30, o 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral, responsável pela região do crime, afirmou que as buscas por Marcelo Arcanjo continuam.

Investigação

O prefeito teria chegado à casa da vítima, Augusto César do Nascimento, de 40 anos, e pediu para que ele saísse. A partir daí, efetuou três disparos na cabeça. A vítima morreu na hora.

Marcelo Arcanjo teve apoio de um comparsa, que o esperava em um carro próximo à cena do crime, e o ajudou na fuga.

O assassinato ocorreu no bairro Retiro, onde a vítima morava, por volta das 18h30. Augusto César havia sido demitido há poucos meses. Ele trabalhava como motorista na Secretaria Municipal de Ação Social. A Polícia trabalha na localização do suspeito.

Não há informações se o crime foi motivado por questões políticas ou pessoais. Francisca Georgiana do Monte, que afirmou ser prima da vítima, relatou ao blog O Sobralense que Augusto fazia duras críticas ao governo de Marcelo. 





Postar um comentário