<>

eiro o POVO

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Acusado de matar ex-namorada em 2011 em Senador Sá-CE é preso em Crato pela Polícia Civil


O homem estava foragido, mas foi reconhecido por familiares da vítima através de uma reportagem em um jornal de grande circulação no estado sobre o trabalho dele na cidade do Crato e denunciaram a polícia (Agência caririceara - Foto: Divulgação)
O acusado de feminicídio Francisco Elanio Silva, 33 anos foi preso por investigadores da Policia Civil de Crato-CE, nesta quarta-feira (17), após diligências interestaduais. Segundo as investigações, em 31 de julho de 2011 ele matou a professora Maria Elicia de Morais, sua ex-namorada, à queima roupa na nuca, por motivos de ciúmes, com disparo único na nuca. Após o crime, o homem se apresentou, mas fugiu e passou a ameaçar testemunhas por telefone. Devido a gravidade do crime, cinco dias depois foi decretada sua prisão preventiva.
Francisco Elanio Silva, 33 anos, acusado do feminicídio. Foto: Divulgação
O fato ocorreu no no distrito de serrota, município de Senador Sá, neste Estado e causou grande comoção. No mês de julho desse ano, soube-se que o acusado estava com uma loja de couros na Rua José de Alencar, 92, Centro, Crato-CE, tendo sido reconhecido após uma matéria jornalística. Assim, foram iniciadas as diligências, mas, contudo, restaram infrutíferas, pois o investigado achou que por conta da matéria fosse, como realmente foi, reconhecido.
Maria Elicia de Morais, morta com um tiro na nuca à queima roupa. Foto: Divulgação
Já neste mês de outubro, após investigações, o mesmo foi localizado na cidade de Bodocó, com comércio no mesmo ramo, venda de artigos de couro. Na data de hoje, Policiais Civis desta 19ª DRPC de Crato foram até Bodocó, rodaram por toda cidade em comércios de couros, mas souberam que o homem poderia estar em Ouricuri, cidade vizinha.

Os policiais seguiram então para o local e com apoio do IPC Valdeon, da DRPC de Ouricuri, conseguiram apurar que Francisco Elanio hoje teria vindo para o Crato, para onde retornaram, encontrando uma residência onde o acusado estava escondido anteriormente e em conversas com pessoas do local, apontaram que o ele estaria na cidade de Exu-PE, em um sítio. Com tais informações os policiais retornaram ao Estado de Pernambuco, onde encontraram o homem, trabalhando em uma obra, na divisa entre os Estado de Pernambuco e Ceará. O investigado, ao ser abordado, não ofereceu resistência e mais uma vez confessou o crime. O mesmo foi conduzido a esta DRPC de Crato, onde está disposição da Justiça. Ainda de acordo com a policia civil, Francisco Elanio vindo usando nome falso de Rafael Albuquerque como forma de não ser reconhecido como acusado do crime que ele foi denunciado de cometer.
Informações: Cariri CE




Postar um comentário