teste

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Em Camocim, Jijoca e mais 18 cidades cearenses haverá manifestações a favor do presidente neste domingo, 26


Neste domingo, 26, é dia dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) saírem às ruas em todo o País. No Ceará, há atos já confirmados em 20 municípios. A manifestação, em Fortaleza, começa às 16 horas, na Praça Portugal, no bairro Aldeota, local de concentração dos manifestantes. No Brasil, há manifestações marcadas para mais de 20 estados.

Estarão à frente da organização do protesto a Frente Cearense pelo Novo Brasil, Conexão Patriótica, Endireita Fortaleza, Brasil Conservador e Brasil Indignado. A movimentação nacional acontece em defesa do governo Bolsonaro e da agenda política do presidente. Reforma da Previdência, CPI da Lava Toga, Lava Jato, aprovação do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro, MP 870 e redução de ministérios são algumas pautas do dia, além de se posicionarem contra ação do centrão.

Os deputados Heitor Freire (PSL) e André Fernandes (PSL) já confirmaram presença nos atos cearenses. O deputado federal participa da carreata a partir das 13 horas e o estadual já garantiu que estará na Praça Portugal.
Confira as cidades do Ceará onde há manifestações previstas:

Fortaleza, Quixadá, Itapipoca, Camocim, Sobral, Tauá, Aracati, Russas, Canindé, Eusébio, Palhano, Bela Cruz, Jijoca, Crateús, Icó, Paracuru, Tianguá, São Benedito, Ipaporanga e Juazeiro do Norte.

Confira algumas cidades do Brasil onde há manifestações:

São Paulo - na Avenida Paulista, às 14 horas

Rio de Janeiro - Posto 5 em Copacabana, às 10 horas

Brasília - Congresso Nacional, às 10 horas

Teresina, às 16 horas

Curitiba, às 15 horas

Bahia, no Farol da Barra, às 9h30min

Cuiabá, na Praça das Bandeiras, às 15 horas

Recife, na Praia da Boa Viagem, às 14 horas

Palmas, na Praça dos Girassóis, às 16 horas

Programação da carreata em Fortaleza:

Concentração: 13 horas na avenida Pontes Vieira, 247, bairro São João do Tauape (sede do Movimento Direita Ceará)

Saída: 14 horas com chegada às 16 horas na Praça Portugal, onde encontrarão outros manifestantes.
*O POVO Online




Nenhum comentário: