teste

terça-feira, 28 de maio de 2019

Granja-CE: reparos paliativos em trechos da CE-085 considerados críticos foram realizados


(Foto: Sistema Verdes Mares/Reprodução)
O período das chuvas torna mais difícil a viagem dos motoristas que trafegam pelas rodovias estaduais do Ceará. São alagamentos, buracos, acidentes que, por vezes, aumentam o tempo na estrada.

Para resolver o problema, o Governo do Ceará anunciou que irá destinar R$ 150 milhões para recuperar as rodovias estaduais danificadas durante o período chuvoso de 2019. O Programa Emergencial de Recuperação executará obras em 64 trechos de estrada estaduais, que correspondem a 1.754 km de extensão.

O governador afirmou que o planejamento foi feito junto ao Departamento Estadual de Rodovias (DER) para avaliar as condições atuais das estradas que sofreram com as fortes chuvas. Camilo Santana informou que as intervenções terão início após o período de chuvas.

Dentre as estradas que serão recuperadas estão as seguintes rodovias:
·         CE-040, em Fortaleza
·         CE-453, em Aquiraz
·         CE-060, entre as cidades de Aracoiaba e Baturité
·         Rodovia Camocim-Chaval

“Todas as rodovias estão especificadas e cada uma terá o seu valor de investimento”, informou o governador.

O documento apresentado por Camilo pontua que alguns dos 64 trechos já possuem contratos em curso para a recuperação funcional de estradas, dentro do Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do Governo do Ceará, enquanto outros ainda precisarão abrir o processo licitatório.

Segundo o Jornal O POVO, que solicitou, junto ao DER e a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), os detalhes do relatório mencionado pelo governador, a exemplo de todas as rodovias que passarão por reparo, em quais municípios elas estão, ordem de execução e previsão de conclusão das obras, mas foi informado de que os dados disponíveis foram os divulgados pelo governador.

Conforme levantamento do O POVO, ao menos sete rodovias foram interrompidas ou interditadas, atrapalhando o acesso a municípios e distritos durante as chuvas de 2019. Entre estas, estão a CE-176, em Icaraizinho de Amontada; a CE-178, entre Santana do Acaraú e Sobral; a CE-163, que dá acesso à Praia de Mundaú, no município de Trairi; a CE-253, na altura da Ladeira da Pendenga, em Guaramiranga; a CE-085, que liga Caucaia e São Gonçalo do Amarante.

A CE-163 chegou a ruir, deixando o acesso a Mundaú totalmente interrompido. O principal acesso a Icaraizinho de Amontada também ficou interditado, quando trecho da CE-176 cedeu. Em Guaramiranga, um deslizamento na encosta da CE-253 cortou o tráfego no último dia 31.

Parte da CE-163 que dá acesso à praia de Mundaú, no Trairi, município no Litoral Oeste do Ceará, foi destruída em março. A via ficou parcialmente bloqueada após crateras se formarem no asfalto. Os carros conseguiam passar em apenas um sentido da estrada. Segundo o secretário de turismo de Trairi, José Maria Teixeira, o estrago foi causado pela força das águas de uma lagoa, que encheu com as chuvas, próximo à rodovia.

O trecho prejudicado fica na entrada da praia de Mundaú (CE). A CE-163 tem histórico de danos. Em abril de 2017, o trecho que dá acesso à praia de Flecheiras, que está entre os principais destinos turísticos do estado, foi bloqueado após uma barragem particular romper e o asfalto ceder com a força das águas. Em maio do mesmo ano, o local foi liberado e o problema corrigido com a abertura de um bueiro provisório.

Em novembro de 2018, o Governo do Estado anunciou a restauração de 38 quilômetros da via, ficando quatro trechos em obras: 

·         Entroncamento da CE-085 até Trairi, com 11 km de extensão e investimento de R$ 2.615.378,24

·         Centro de Trairi ao distrito de Barrinha, em Mundaú, com 9,17 km e investimento de R$ 5.191.816,13

·         De Barrinha até a praia de Guajiru, onde serão restaurados 16,97 km, com investimento de R$ 6.052.368,56

·         Travessia urbana de Trairi, na rodovia CE-162

O investimento total das obras, segundo o governo, foi de R$ 14 milhões, com previsão de conclusão para este ano.

Do Blog: Em nome de todos os usuários da CE-085, que passam pela cidade de Granja muito obrigado pelo serviço paliativo em pontos críticos da rodovia. O local mostrado no vídeo, tinha sido bastante atingido pelas constantes chuvas. Obra definitiva somente após as chuvas.
Claro que todos gostariam que fosse tapado todos o buracos, e com asfalto, mas pelo menos alguém fez alguma coisa no trecho urbano de Granja, este considerado mais critico. Até que o governo do Estado inicie a recuperação das CEs, qualquer serviço para minimizar os transtornos é muito bem vindo.

Em Camocim, alguém tinha iniciado um serviço paliativo colocando entulho nos buracos, mas depois que um “imbecil” filmou e divulgou na internet querendo culpar o governo municipal como se fosse competência do mesmo, o serviço foi interrompido, lamentável.



Nenhum comentário: