teste

sábado, 26 de outubro de 2019

Danos morais: juiz condena "assessor" do deputado Romeu


O Juiz Guido de Freitas Bezerra, respondendo pela Comarca de Granja, condenou Francisco José dos Santos Pereira, conhecido como "JP", a pagar R$ 3 mil reais de indenização por danos morais praticados contra Francisco Ézio da Silva, ex-vereador de Granja.

Segundo a denúncia, acatada pelo magistrado, "JP" ofendeu a honra de Francisco Ézio em janeiro deste ano, por meio de publicação em seu perfil no Facebook, ao postar graves ofensas com intuito de constranger e macular a imagem do ex-parlamentar. Francisco Ézio é pai da vereadora Paloma Aguiar. Ao blog, a parlamentar afirmou que também é alvo constante de ataques virtuais, ao ponto de já ter, assim como seu pai, acionado a justiça. 

Em sua defesa, "JP" não provou a veracidade de nenhuma das ofensas dirigidas a Francisco Ézio. 

De acordo com a sentença, expedida no dia 22 de outubro, "JP" tem 15 dias para pagar o valor, acrescido, a contar do evento danoso, de atualização monetária e juros. 

Francisco José dos Santos Pereira, o "JP", consta no Portal da Transparência como Assessor de Cerimonial do Gabinete da Prefeita Amanda Arruda, embora seja conhecido nas redes sociais como "assessor virtual" do deputado Romeu Arruda, republicando notas do parlamentar e agindo como seu porta-voz em diversas ocasiões.
*Com informações Camocim Online




Nenhum comentário: