teste

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Em entrevista Bolsonaro anuncia que deve criar novo partido e ataca a Globo

Em entrevista exclusiva à Record TV no programa Domingo Espetacular , exibido na noite de ontem, o presidente Jair Bolsonaro fala que deve sair do PSL e pretende criar um novo partido.

Bolsonaro também comentou sobre a reportagem que envolveu o nome dele com um dos suspeitos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Segundo ele, o governador do Rio de Janeiro teria passado a informação que ele estaria envolvido no caso. “ O senhor Wilson Witzel esteve em Brasília em um jantar, na ocasião me falou que o caso estaria no STF, e o meu nome estaria envolvido. Witzel disse que o porteiro teria me citado. Eu perguntei como, se o processo está em segredo de Justiça. Esse governador tem me perseguido, assim como minha família ”, declarou o presidente.

Em outra situação, o presidente da República acusa a Rede Globo de ter usado seu nome indevidamente. “ Em momento algum a emissora me procurou para comentar sobre o assunto. Tinha uma repórter acompanhando a viagem que fiz para Arábia Saudita, mesmo assim não me procurou para me defender. A todo instante a Globo procura me envolver em alguma coisa. Já me ofereci para ser entrevistado no Jornal Nacional, porém até agora não obtive resposta”, ressalta Jair Bolsonaro.

O gestor federal aproveitou a oportunidade para comentar sobre economia. Como também sobre o vazamento do óleo no litoral nordestino e sua saída do PSL. “ Vou apresentar nesta segunda-feira, a proposta com objetivo de enxugar a folha dos Estados. A partir de agora o servidor não terá mais estabilidade. Portanto, algum caso não será permitido a demissão desses concursados. Em relação a minha saída do PSL, está claro. Eu nunca usei o fundo partidário, só quero só transparência. A probabilidade de deixar o partido é de 80% e 90% de criar um novo partido. Vamos começar do zero, sem tempo de TV e sem dinheiro para o partido. Já no caso do derramamento do petróleo nas praias, tudo indica que seja esse cargueiro grego”, revelou o chefe da Nação.
*Fonte: Portal R7


Nenhum comentário: