teste

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Morre, aos 85 anos, o empresário Adauto Gouveia Motta, dono dos postos K

Foto: Reprodução

Faleceu na manhã dessa quinta-feira (31), no Hospital Regional da Unimed, em Fortaleza, em decorrência de problemas de saúde, aos 92 anos de idade, Adauto Gouveia Motta.
O corpo foi velado e sepultado no mesmo dia, no Cemitério Parque da Paz, na capital cearense.
Oficial reformado da Aeronáutica e nascido em Camocim,  Adauto Motta era formado em Física, em Economia, em Engenharia Elétrica e em Jornalismo.
Recebeu treinamento na NASA para operar foguetes a propelente sólido e líquidos, bem como dirigir operações de lançamento com aplicações científicas e tecnológicas. Tem vários livros e muitos artigos publicados nas mais destacadas revistas científicas nacionais e internacionais.
Ele foi responsável pela construção das unidades do INPE em Fortaleza, Campina Grande e São Luís. Foi Chefe do Centro Regional do INPE no Nordeste.
Como construtor edificou mais de sessenta casas, postos de combustíveis, hotéis, etc.
Adauto Motta tripulou o Centro de Lançamento de Foguetes da Barreira do Inferno, na condição de Chefe de Operações, isto quando o Campo ainda estava em construção.
Após seis anos e com centenas de foguetes lançados, passou para a Reserva Remunerada da Aeronáutica.
Recebeu então a missão de montar o primeiro computador do Rio Grande do Norte, sendo designado Diretor do Centro de Computação do RN – COMPERN. Para implantar um projeto de teleducação, via satélite, foi nomeado Diretor da primeira estação de televisão do RN, a Televisão Universitária TV-U, e suas repetidoras de Mossoró e Serra de Santana.
Adauto Motta morava em Camocim. Ele construiu em Camocim, Granja, Chaval e Jijoca, a rede de Postos K.
*Informações CamocimOnline



Nenhum comentário: