teste

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Secretários de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse de Ticiano Tomé


Secretários da Prefeitura de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse do vice-prefeito, Ticiano Tomé (PSDB), no comando do Executivo municipal. O motivo? Divergências políticas. O que circula nos bastidores é que, com a morte do prefeito João Gregório Neto (PL), o João do Povo, aliados dele não são bem vistos pelo grupo comandado por Vicente Tomé, pai de Ticiano.
Posse
A posse do vice-prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé (PSDB), como chefe da Prefeitura foi marcada para esta sexta (27), às 15h. Segundo o presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira, a cerimônia iria ocorrer na segunda (30), mas foi antecipada devido à “necessidade”. Tomé assume após o prefeito da cidade do Cariri, João Gregório Neto, ser assassinado.

Nenhum comentário: