teste

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Advogada presa por negociar drogas é espancada em penitenciaria em Aquiraz


Elisângela Maria Mororó foi detida na última quarta-feira, 13, na zona rural de Catarina (Foto: reprodução Facebook)
A advogada presa por participar de esquema criminoso, Elisângela Maria Mororó, foi espancada nesta quinta-feira, 2, no Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo informações de fontes do ramo, outra detenta seria a autora das agressões.

A vítima foi socorrida e encaminhada para um hospital privado. A Secretaria da Administração Penitenciária(Sap) informou, em nota, que ela foi encaminhada para realizar exames médicos, mas não houve ferimentos graves. Elisângela Maria já retornou à unidade prisional.

A Ordem dos Advogados do Brasil(OAB- Ceará) lamentou, em nota, o ocorrido e afirmou está oferecendo todo o suporte necessário para o caso. Segundo o diretor de prerrogativas da OAB Ceará, Márcio Vitor de Albuquerque, a seccional cearense está acompanhando os procedimentos desde o hospital e já entrou com pedido na Justiça para uma sala de estado maior ou, na ausência dela, mudança de regime para prisão domiciliar.

A advogada foi presa em novembro do ano passado no Cariri suspeita de envolvimento em organizações criminosas e tráfico de drogas. Na casa em que foi encontrada, foram apreendidos quase meio quilo de cocaína e uma arma.

Após a prisão, ela foi suspensa por 12 meses do exercício da profissão. A decisão foi tomada pela Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Secção Ceará).


Nenhum comentário: