teste

sexta-feira, 27 de março de 2020

Rodrigo Maia insiste em reduzir salários dos servidores públicos da União para repassar aos doentes e pobres durante a crise

Foto: reprodução

"Eles têm estabilidade e ganham dez vezes mais que na iniciativa privada", disse o presidente da Câmara, se referindo aos altos salários dos servidores públicos, citando, inclusive, deputados e servidores da Câmara Federal. "Juízes, procuradores e quem ganha acima de R$ 10 mil por mês podem contribuir, são salários que ninguém mexe" disse Maia.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia , está convencido de que só entre os servidores da União, podem ser transferidos cerca de R$ 20 a 30 bilhões. "Os servidores de altos salários recebem R$ 200 bilhões", explicou.


Nenhum comentário: