teste

sábado, 6 de junho de 2020

Camocim/CE: Quarteto acusado de matar travesti é preso

Luanny foi encontrada morta ao lado do prédio da receita federal, em Camocim. Foto: reprodução WhatsApp
Na manhã deste sábado (06), o corpo de uma travesti foi encontrado ao lado do prédio da Receita Federal, em Camocim.

A vítima conhecida como “Luanny Kevellin" morava no Bairro Jardim das Oliveiras. Ao lado do corpo da vítima havia um gargalo de garrafa supostamente usada no crime. Havia perfurações na altura das costas.

Conforme informação colhida pela nossa reportagem, policias do Raio 01 efetuaram a Prisão de 4 elementos suspeitos de envolvimento no homicídio da travesti ocorrido na madrugada de ontem para hoje. Os indivíduos estavam bebendo juntamente com a vítima quando ocorreu um desentendimento entre um deles e o homossexual. Aparentemente utilizaram gargalo de garrafa e pedras. O crime ocorreu por volta das 2:30 da manhã desta sábado.
4 elementos estão sendo acusados de participação no homicídio de Luanny - Foto: reprodução WhatsApp
Em contato com a produção do Acontece, o repórter policial Autran Santos disse que esteve na Delegacia de Policia Civil de Camocim e confirmou a prisão dos 4 elementos acusados de participação no homicídio da travesti: Abreu, Rodolfo, "Jonas" e Samuel. Os mesmos encontram-se a disposição da justiça.

EM TEMPO: Conforme informação da policia Civil, Abreu, Rodolfo e Samuel  (vulgo Del), confessaram o crime, o outro negou a participação e foi ouvido como testemunha.  





Nenhum comentário: