teste

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Bolsonaro pede que donos de supermercados sejam patriotas. Preços da carne, arroz, feijão e óleo de cozinha triplicaram


O governo do presidente Jair Bolsonaro está recebendo denúncias de órgãos de fiscalização e de entidades ligadas ao acompanhamento de preços sobre a sequência de grandes reajustes em produtos essenciais como  arroz, feijão, carne e óleo de cozinha. O vidro de óleo, com 700 ml, bateu a casa dos R$ 10. O quilo de contra-filé chegou aos R$ 38 e o arroz aos R$ 6.

O presidente Bolsonaro, sem investigar a origem de alta de preços, apelou para que os donos de supermercados "sejam patriotas".

A alta dos preços é a grande reclamação do consumidor pós-pandemia. A revolta é dos mais pobres . O custo dos principais produtos da cesta básica subiu numa velocidade quase na proporção do Covid 19, no início da pandemia.
(Roberto Moreira)


Nenhum comentário: