teste

sábado, 19 de setembro de 2020

Camilo autoriza retorno de aulas do ensino fundamental e médio a partir de outubro

 


O governador Camilo Santana (PT) autorizou o retorno das aulas de algumas séries do ensino fundamental e médio a partir do dia 1º de outubro. O anúncio foi feito pelo gestor na manhã deste sábado (19). A medida é válida somente para os municípios que compõem a macrorregião de saúde de Fortaleza, que compreende a Capital e Região Metropolitana e vale para as redes pública e privada.

 

“O comitê tomou a decisão válida para o dia 1º de outubro, vamos estar autorizando, e caberá a cada municipio e cada instituição a tomar suas decisões”, afirma Camilo. Dessa forma, o governo autoriza, mas o retorno das aulas é facultativo a prefeitos e gestores de escolas. Todas as instituições de ensino são obrigadas a dar a opção do ensino remoto para os alunos cujos pais não se sintam seguros com a volta presencial das aulas.

 

Fica autorizado o retorno de aulas da educação de jovens e adultos (EJA), 1°, 2° e 9° ano do ensino fundamental, 3ª série do ensino médio e ensino médio profissionalizante, todos como limite de 35% de capacidade. Também fica autorizado o retorno das aulas curriculares do ensino infantil com capacidade de 50%. O decreto anterior, de 14 dias atrás, só permitia o funcionamento de atividades extra-curriculares com limite de 35% da capacidade.

 

Camilo ressalta que a medida só é válida a partir do dia 1° para dar tempos para as instituições se prepararem para executar o protocolo de segurança. Todos os professores e alunos terão que passar por testagem para detectar covid-19. O uso de máscara será obrigatório, assim como o respeito ao distanciamento social entre alunos.

 

O novo decreto que  trará a permissão da volta às aulas deve ser publicado até este domingo (20). O decreto vigente perde sua validade amanhã. Camilo ressalta que a decisão é respaldada pelo comitê científico criado para acompanhar a pandemia de covid-19 no Ceará.

Nenhum comentário: