quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Justiça libera registro para Glêdson Bezerra tomar posse como prefeito de Juazeiro do Norte

Glêdson Bezerra (direita) comemorou resultado do julgamento favorável a ele, mas mostrou preocupação com o tempo curto de transição — Foto: Arnaldo Araújo/TV Verdes Mares


O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE) confirmou nesta quarta-feira (25) a liberação para Glêdson Bezerra tomar posse como prefeito de Juazeiro do Norte em 2021. 

Apesar de ser o mais votado, ele teve a candidatura inicialmente considerada sub judice, até que a Justiça Eleitoral julgasse a legalidade da candidatura. 

O prefeito eleito comemorou a vitória na Justiça, mas mostrou preocupação com o tempo curto de transição entre o atual governo e o dele, que deve tomar posse em 1º de janeiro. 

"É importante salientar que esse julgamento bagunçou muito novo programa de transição. Nós já vamos ter uma transição curta, o que causou uma angústia muito grande, mas eu espera que fosse sair positivo. Vimos que seria feita a Justiça pelos argumentos nos votos dos juízes eleitorais."

 

Atuação como policial civil


Glêdson Bezerra teve a candidatura indeferida porque, segundo decisão da juíza Kamile Moreira Castro, ele não se afastou do cargo de policial civil no prazo determinado pela Justiça Eleitoral. A lei estabelece que policiais, civis ou militares, devem se descompatibilizar do cargo para disputar as eleições. 

Conforme a juíza, Glêdson Bezerra prestou plantão na Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte em agosto de 2020, um mês após pedir afastamento do cargo.

A decisão que indeferiu a candidatura de Glêdson afirma ainda a solicitação de afastamento foi feita ao delegado regional, quando deveria ter sido encaminhada à Secretaria da Segurança Pública.

Glêdson Bezerra teve 50.715 votos em Juazeiro do Norte, equivalente a 38% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o atual prefeito, Arnon Bezerra, com 48.079 votos (36%).

(G1/CE)



Nenhum comentário: