sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Sérgio Aguiar coloca seu nome a disposição para disputar a presidência da Assembleia, mas sem atropelos

 

Dep. Sérgio Aguiar disse ser um homem de projeto, e o que o seu partido, o PDT, decidir, ele aceita.


Vendo a possibilidade de ser o próximo presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Sérgio Aguiar coloca seu nome a disposição para ser apreciado.  Ainda comemorando os resultados das urnas na eleição de 15 de novembro, quando saiu revigorado ao ver seus aliados venceram o pleito em 11 municípios, especialmente no Litoral Norte, onde está sua cidade natal, Camocim, berço do seu grupo político. Em conversa com o jornalista Roberto Moreira sobre a sucessão na AL, Sérgio, do alto de sua maturidade política, disse ser um homem de projeto, e o que o seu partido, o PDT, decidir, ele aceita.


Negociações


Até o momento, quatro deputados estaduais do PDT – partido com a maior bancada da Casa – estão entre os mais cotados na disputa pela indicação à Presidência do Legislativo: Evandro Leitão, Sérgio Aguiar, Tim Gomes e Zezinho Albuquerque. Discretamente, eles já buscam votos entre os colegas e se articulam com lideranças do grupo governista. O apoio a alguns desses nomes, no entanto, divide aliados, abrindo possibilidade de disputa aberta no partido.

O atual presidente da Assembleia, Sarto Nogueira (PDT), eleito prefeito de Fortaleza, está conduzindo o processo de sucessão. Ele tem até o dia 31 de dezembro para renunciar ao mandato e ao cargo na Mesa Diretora. Até lá, vai articular o nome. Na manhã desta quinta-feira (3), um dos gabinetes de Sarto estava movimentado. Ele se reuniu com vários deputados da base aliada.


*Com informações Diário do Nordeste.

 

 


Nenhum comentário: