segunda-feira, 15 de março de 2021

Com novas eleições, James Bel (PP) com ficha limpa está apto para disputa ao majoritário

Houve duas tentativas de nulidade de ato administrativo com pedido de liminar, porém o Juiz de direito, Hugo Gutparakis, respondendo pela Vara Única da Comarca de Uruoca decidiu extingui-las. (Foto: reprodução)


Após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 23 de fevereiro de realizar novas eleições em várias cidades do País, muitas dúvidas a cerca de quem poderia disputar as eleições surgiram.

 

Em Martinópole, cidade do interior do ceará, o vencedor da eleição de 2020, James Bel (PP), poderá disputar a corrida eleitoral, segundo decisão que extinguiu corretamente o processo administrativo que havia contra James, o que possibilitou a reintegração ao cargo de professor.

 

Entenda:

James foi vítima de um Processo Administrativo Disciplinar – PAD, que teria sido criado pelo ex-prefeito derrotado nas ultimas eleições, Júnior Fontenele, o qual, segundo informações, sempre teve o desejo de ver o guerreiro do povo ( como é popularmente conhecido James Bel), longe da disputa eleitoral.

 

Diante disso, o ex-gestor tentou a todo custo que determinada decisão administrativa fosse anulada pelo Judiciário, o que colecionou em mais duas derrotas, onde o juiz de direito, Hugo Gutparakis de Miranda, respondendo pela Vara Única da Comarca de Uruoca, decidiu extinguir as duas ações que foram protocoladas de forma aventureira, conforme sentenças abaixo.

 

“Sempre coloquei as minhas batalhas nas mãos de Deus e o povo martinopolense sabe que poderá contar comigo a qualquer hora. Continuamos juntos e cada vez mais fortes, unidos e fortalecidos,” afirmou James Bel.

 

Ele disse também, que se tiver novas eleições e for escolhido pelo partido estará pronto pra disputar a qualquer momento e quantas vezes for necessário.

Veja as sentenças na integra: 







*CI


Nenhum comentário: