quarta-feira, 7 de abril de 2021

Começa nesta quarta-feira distribuição de vale-gás aos municípios do Ceará; veja quem vai receber

 

O programa oferece vale-gás de cozinha para população em situação de vulnerabilidade durante o estado de calamidade pública ocasionado pela pandemia de Covid-19. 

A entrega do primeiro lote de vale gás de cozinha aos municípios cearenses começa nesta quarta-feira (7), e segue até sexta (9), conforme previsão do Governo do Estado. Nesta etapa, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) inicia a entrega de 130.314 tíquetes para as prefeituras. Todos os 184 municípios cearenses serão contemplados e cada prefeitura vai definir como será a distribuição para as famílias.

 

Para evitar aglomerações e evitar a disseminação da Covid-19, o governo dividiu a distribuição em duas etapas. O segundo lote, de 125.263 tíquetes, está previsto para ser entregue nos dias 4 e 5 de maio. Ao todo, são 255.577 vales a serem distribuídos. O Estado ainda abriu espaço para a possibilidade de ser criada ainda uma terceira entrega dos vales remanescentes.


O programa foi instituído pelo Governo do Estado pela primeira vez no ano passado. Na época, em Fortaleza, a distribuição foi feita por meio dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), que distribuíram os vales aos cidadãos mediante apresentação de documentos e comprovante de residência.

 

>> Confira aqui a lista de beneficiados com o vale-gás

 

O programa oferece vale-gás de cozinha para população em situação de vulnerabilidade durante o estado de calamidade pública ocasionado pela pandemia de Covid-19. Cada núcleo familiar tem direito a um tíquete de vale.

 

A medida contemplará as famílias beneficiárias do Cartão Mais Infância; as inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e beneficiárias do programa Bolsa Família com renda per capita igual ou inferior a R$ 89,34; e os jovens inseridos no programa Superação.

 

A ação é uma parceria com a Nacional Gás, que vai vender os botijões a preço de custo para o Estado.

 

Quem pode receber?

 

Famílias assistidas pelo Cartão Mais Infância Ceará; 

Assistidos pelo Bolsa Família (com renda “per capita” igual ou inferior a R$ 89,34); 

Cearenses que possuam jovens em situação de vulnerabilidade social inscritos no Programa Superação; 

Aqueles que constam no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

 

O presidente executivo do Grupo Edson Queiroz, Carlos Rotella, destacou a contribuição da empresa para o combate aos efeitos da pandemia sobre a população mais vulnerável.

 

"O Grupo Edson Queiroz, por meio da Nacional Gás, mais uma vez contribui para o enfrentamento da pandemia no Ceará. Viabilizamos a aquisição, por parte do Governo do Estado, de 250 mil recargas de gás, que serão repassadas às famílias em dificuldades neste momento. Nos unimos ao esforço conjunto de ajudar a milhares de cearenses com o nosso gás de cozinha, produto essencial para as necessidades básicas neste período de isolamento rígido".

 

Logística

 

A Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) é responsável pela identificação dos beneficiados, e também pela entrega do vale-gás às prefeituras. Cabe a cada prefeitura fazer a distribuição às famílias.

 

Já a logística de entrega dos botijões de gás será responsabilidade da distribuidora contratada. As despesas do programa ficaram por conta do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

 VEJA AS INFORMAÇÕES TAMBÉM NAS REDES SOCIAIS DA PREFEITURA DA SUA CIDADE:

Com informações do Diário do Nordeste.

 

 

Nenhum comentário: