sexta-feira, 23 de abril de 2021

Vicente Nery comemora recuperação da Covid-19 e agradece apoio

O cantor cearense Vicente Nery se recupera da Covid-19. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Em processo de recuperação da Covid-19, o cantor cearense Vicente Nery realizou uma transmissão ao vivo no Instagram nessa quinta-feira, 22, para agradecer o apoio recebido durante sua internação. "A experiência é uma experiência muito forte. Eu tive muito medo de morrer. Tenho 25 anos de carreira, já passei por esse Brasil todo, mas nessa situação eu fiquei com muito medo", afirmou.


"Tem muita gente morrendo e enquanto isso tem muita gente brigando. Nessa situação não existe política, não existe não gostar de fulano ou de beltrano. Nessa situação a gente fica de frente com a morte", disse. Ele ainda comparou os dias internado com a luta de um homem contra uma arena de lutadores.

 

Sem segurar as lágrimas, Vicente agradeceu pela nova chance que recebeu e pela evolução no quadro de saúde. "Eu pedi a Deus três coisas: que me desse essa nova oportunidade, que eu pudesse criar meus filhos, e que eu pudesse voltar a fazer o que eu mais gosto, que é cantar", declarou o cearense.

 

O cantor cearense foi internado com Covid-19 em um hospital privado, em Fortaleza, no dia 14 de abril. Depois de quatro dias intubado, Nery apresentou uma melhora clínica no quadro de Covid-19 e foi extubado, ou seja, retirado da intubação. No dia 21, ele saiu da UTI.

 

Vida depois da Covid-19 

 

"Estou com meu coração cheio de alegria e enquanto vida tiver eu vou ser um aliado para combater esse vírus, da forma que a ciência e a Medicina permitir", afirmou ainda. "Quero já começar uma campanha para a gente poder arrecadar máscaras, capacete elmo, essas coisas que os hospitais pequenos estão precisando."

 

Nery aproveitou o momento ainda para alertar os fãs sobre o perigo da doença. "Jovens, saiam menos de casa; escutem os pais de vocês. Vai passar e quando passar a gente vai poder brincar, dançar forró, fazer a festa. Por enquanto, vamos manter os cuidados necessários."

*O POVO




Nenhum comentário: