quarta-feira, 12 de maio de 2021

Assessor de André Fernandes indiciado por Lgbtfobia

 

O inquérito instaurado pela Polícia Civil na Delegacia Regional de Sobral foi encerrado na sexta-feira (7), indiciando o assessor pelo crime. 

Um assessor do deputado estadual André Fernandes (Republicanos) foi indiciado pela Polícia Civil por incitar o preconceito à comunidade LGBTQI+. Ele aparece em vídeo feito em abril, zombando da iniciativa e colocando acima da faixa uma placa com o desenho de um veado.(veja no vídeo abaixo)

 

A assessoria do deputado informou que não vai se pronunciar sobre o caso.

 

A pintura das faixas tinha o objetivo de apoiar a luta contra a discriminação sexual e de gênero e foram confeccionadas em parceria com o projeto "Pare, pense e passe com amor", provocando bastante repercussão nas redes sociais. Em seguida, três ruas de Fortaleza também tiveram faixas de pedestres pintadas.

 

O inquérito instaurado pela Polícia Civil na Delegacia Regional de Sobral foi encerrado na sexta-feira (7), indiciando o assessor pelo crime. O documento foi enviado ao Poder Judiciário na manhã desta segunda-feira (10).

 

Segundo a Polícia Civil, o assessor parlamentar de Fortaleza viajou a Sobral e fez vídeos e fotos fazendo chacota contra a comunidade LGBTQI+ na faixa temática que foi pintada no cruzamento da Avenida Dom José e a Rua Deolindo Barreto, no Centro da cidade. Na ocasião, pessoas que passavam pelo local e presenciaram o caso ficaram revoltadas com o preconceito e registraram a situação em vídeos.

 

Um vídeo mostra o parlamentar discutindo e gritando com uma mulher, que ficou revoltada com a ação. Ele também chega a agredir verbalmente a mulher que estava filmando a situação.


Com informações G1/CE

Nenhum comentário: