sexta-feira, 18 de junho de 2021

PSB se aproxima de Lula com ida de Flávio Dino e Marcelo Freixo

 

O PSB deve se aproximar ainda mais do ex-presidente Lula (PT) com a ida do governador do Maranhão, Flávio Dino e do deputado federal, Marcelo Freixo, que também está deixando o PC do B, para ingressar na sigla. O partido já prepara um evento para anunciar a chegada dos novos quadros, ambos defendem a formação de uma frente de esquerda em 2022 lideradas por Lula.

 

Em 2018, os pessebistas foram assediados pelo PT, que lançou Fernando Haddad à Presidência, e por Ciro Gomes (PDT), mas optaram pela neutralidade no 1° turno.

 

O partido, antes de Lula recuperar seus direitos políticos procurava um nome “outsider” para disputar o Palácio do Planalto – a exemplo de 2018, quando chegou a filiar o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, a legenda mantinha conversas adiantadas com o apresentador Luciano Huck, que também já desistiu da disputa. Agora a legenda volta a se reaproximar de Lula e se afastou de Ciro.

 

Em abril, Lula participou de uma reunião virtual com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, e o ex-governador de São Paulo, Márcio França. Na pauta, as eleições de 2022. O prefeito do Recife, João Campos, onde o partido tem maior força não participou da live com Lula, ele ainda resiste a ideia do apoio da sigla ao ex-presidente.

(Noticias do Ceará)

 

 

Nenhum comentário: