sábado, 10 de julho de 2021

Ceará possui 2,3 milhões de inadimplentes, diz pesquisa da Serasa

 

O valor médio da dívida, porém, é um dos mais baixos entre as unidades da Federação, conforme pontua Nathalia Dirani, gerente da Serasa.

O Ceará contabilizava em maio deste ano 2,38 milhões de consumidores inadimplentes, queda de 4,3% na comparação com abril. Os dados fazem parte da primeira edição do Mapa da Inadimplência no Brasil, da Serasa.

 

Apesar da queda na passagem de abril para maio, o número de consumidores que não tiveram condições de honrar com os compromissos financeiros coloca o Estado como o oitavo em inadimplência do País.

 

O valor médio da dívida, porém, é um dos mais baixos entre as unidades da Federação, conforme pontua Nathalia Dirani, gerente da Serasa.

 

“O Ceará apresenta um dos valores mais baixos do País, aparecendo na 22ª posição com R$ 3.135,31″, detalha.

 

CARTÃO DE CRÉDITO E BANCOS


O consumidor cearense se endivida e não consegue pagar as contas relacionadas aos bancos ou cartão de crédito (37,4%) – dado acima da média nacional, de 29,7% -, varejo (13,9%) e contas básicas, como luz e água (12,9%).

 

BRASIL


No País, o número de inadimplentes chegou a 62,56 milhões em maio e o valor médio das dívidas por negativado ficou em R$ 3.937,38, maior dos últimos 12 meses, sendo R$ 1.162,43 o valor médio de cada dívida.

 

PERFIL DE QUEM NEGOCIOU:


53% eram mulheres e 47% eram homens

32% tinham entre 31 e 40 anos

20% tinham entre 18 e 25 anos

18% tinham entre 26 e 30 anos

18% tinham entre 41 e 50 anos

10% tinham entre 51 e 65 anos

1% tinha mais de 65 anos

O número de inadimplentes para o País em maio representa queda de 0,7% na comparação com abril. Ainda de acordo com o Mapa da Inadimplência, os brasileiros estão em busca de uma vida mais saudável.

 

As pessoas que mais negociaram dívidas pelo Serasa Limpa Nome em maio tinham entre 31 e 40 anos (32%), seguidos pela faixa etária entre 18 e 25 anos (20%).

Com informações do DN

 

Nenhum comentário: