segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Prefeitura de Martinópole realiza ação de combate à Leishmaniose (Calazar)

 

Foto: divulgação

A Prefeitura de Martinópole-CE, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã de hoje (30), uma Campanha de Prevenção à leishmaniose. Os agentes de endemias juntamente com o chefe dos agentes, Edcarlos Felix, e do veterinário do município, Helton Brasil, estiveram na Praça da Matriz, onde realizaram 71 testes rápidos para diagnóstico do calazar.


A Leishmaniose é transmitida por picada de um flebótomo contaminado (conhecido como mosquito palha) e pode acometer cães e humanos. Alguns sintomas que podem levar o proprietário a desconfiar que o animal está doente são: descamação seca da pele, pêlos quebradiços, nódulos na pele, úlceras, febre, atrofia muscular, fraqueza, anorexia, falta de apetite, vômito, diarreia, lesões oculares e sangramentos. Nas formas mais graves, a Leishmaniose pode acarretar anemia e outras doenças imunes.

 

O combate ao inseto vetor deve ser feito com aplicação de inseticida no ambiente e o uso de produtos repelentes no cão. Além disso, as pessoas devem evitar deixar os animais em ambientes úmidos e que acumulem material que possa facilitar a criação do mosquito.

Foto: divulgação

A leishmaniose visceral, também conhecida como calazar, é a forma mais grave da doença. O calazar se não for tratada, chega a ser fatal em mais de 95% dos casos.

Com informações e imagens, Prefeitura de Martinópole



Nenhum comentário: