quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Aluno de Martinópole conquista medalha de ouro em Olimpíada de Matemática

 

Sulamita (coordenadora da escola), Rennan (aluno 9º ano) e Patrícia Gomes (diretora)

O aluno Rennan Rodrigues Carneiro, da Escola Municipal Chico Mundoca, em Martinópole, foi um dos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática – OBMEP, realizada em todo o país.

 

O evento, que acontece todos os anos, é destinado a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Na Região Norte do Estado do Ceará, apenas 5 alunos conquistaram a medalha de ouro.

 

Rennan participou da edição de 2018, conquistando medalha de bronze. Em 2019 conquistou a medalha de ouro.

 

“O principal fato foi a experiência porque eu já tinha participado em 2018 e já sabia como funciona. No ano de 2020 não teve edição, devido a pandemia do Covid-19, já neste ano estou participando.  Na escola sempre tive ótimos professores, Wendell, Laerte, Agenildo e Netinho, o incentivo deles me ajudou muito” relatou Rennan.


O estudante de 14 anos, do 9º ano do Ensino Fundamental,  mora com a vô, segundo ele, ela reage normal as conquistas do neto.  “Já se acostumou”, disse.


A cerimonia de premiação da OBMEP acontecerá nesta quinta-feira (2), no teatro São João, em Sobral.


Em tempo: Rennan disse que um dos professores principais que lhe ajudou muito para a conquista da medalha de ouro, foi o professor José Carlos. “Ele me levava juntamente com meu irmão para o colégio Dário para estudarmos Química, Física, Biologia e Astronomia, isto me ajudou muito com certeza”, destacou Rennan Rodrigues.

 

A OBMEP é realizada pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).


Criada em 2005 pelo IMPA, a OBMEP tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

 

 

Nenhum comentário: