quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Ceará conectado investe mais de R$ 67 milhões para transformar o estado em hub tecnológico

 

Programa foi lançado nesta quarta-feira e vai levar acesso à internet para todos os municípios cearenses - (Foto: reprodução)


O programa Ceará Conectado pretende democratizar o acesso à internet em todo o território do estado. A iniciativa teve investimento superior a R$ 67 milhões. O projeto foi lançado nesta quarta-feira (15) pelo governador Camilo Santana (PT).

 

“Eu considero esse momento histórico. Garantir direito a todos no mundo digital em que nós viemos. Não há retrocesso, agora é só avançar cada vez mais na conectividade. Será um projeto rápido. Temos uma meta que é até 2022. Vai servir para todos, para todas as idades, e todas as áreas da economia cearense e para os serviços públicos dos municípios”, afirmou Camilo Santana, garantindo que o wi-fi gratuito será liberado inicialmente para 77 municípios em outubro deste ano.

 

A tecnologia utilizada será de fibra óptica e vai alcançar os 184 municípios cearenses. A proposta garante internet via wi-fi em praças, serviços e equipamentos públicos.

 

O Governo do Ceará, por meio da Etice, vai expandir em 60% a infraestrutura do Cinturão Digital, que passará dos atuais 4.387 km de fibra óptica, sendo 988 km na Capital e 3.399 km no Interior, para 7.046 km. A cobertura dos 184 municípios deve ser concluída até 2022.

 

Pode-se dizer que Cinturão Digital, iniciado em 2007, foi o embrião para o Ceará Conectado. Uma das atribuições do cinturão era fornecer internet de qualidade para órgão da administração estadual.

 

“O Cinturão Digital leva e transporta dados, informações e conectividade que são importantes para as pessoas desenvolverem suas atividades, relacionamentos e negócios. A gente sabe que isso é cada vez mais essencial”, enfatizou a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela que também estava presente no lançamento.

(via O Otimista)

 

 

Nenhum comentário: