sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Camilo diz que petistas contrários aliança PDT e PT são radicais e precisam 'sair da bolha'

 

O governador Camilo Santana (PT) saiu em defesa da aliança PDT e PT nesta sexta-feira, 28 (Foto: redes sociais) 

As declarações foram logo após os deputados petistas, Luizianne Lins, José Airton e Elmano de Freitas realizarem um plenária virtual ontem com militantes do Partido dos Trabalhadores pedindo o fim da união das siglas.

 

Os parlamentares são defensores de um candidatura própria do PT para Governo do Ceará e palanque único para o ex-presidente Lula à Presidência da República.

 

Segundo o governador, essa posição é radicalismo, além de cegueira política.

 

"Eu lamento que alguns pessoas do partido que procuraram não reconhecer  a história e ações que esse governo tem feito, com picuinhas e projetos pessoais e individuais. Acho que essas pessoas precisam sair da bolha", disse Camilo.

 

Camilo Santana ressaltou que sempre fez um governo de diálogo, consenso, respeito. Ele lembrou que seu partido sempre defendeu a justiça social e um olhar para quem mais precisa..

 

"Precisa mudar o discurso, ser a com intolerância, de isolamento, de radicalismo. Precisamos construir consensos e pensar na defesa da democracia e pensar cada vez mais fazer com que o Ceará posso continuar no rumo, reduzir a desigualdade. Combater a criminalidade. Eu lamento a imensa que a maioria do partido não pensa e nem age dessa forma", alertou.

 

Camilo reafirmou o compromisso de governar fazendo alianças.

 

" O próprio presidente Lula sempre defendeu isso, diálogo, a importância de ter as alianças e construir consensos em frutos em defesa dodesenvolvimento do estado e país", afirmou.

 

Os desabafos foram feitas logo após a inauguração do novo Centro Integrado Multifuncional (XIM) do Corpo de Bombeiros, na Cidade dos Funcionários, em Fortaleza.

(O Intrigante)

 

Nenhum comentário: