quarta-feira, 20 de abril de 2022

STF cassa mandato do deputado bolsonarista Daniel Silveira e o condena a 8 anos e 9 meses de prisão

 

Dos 11 ministros, dez foram a favor da condenação do deputado.

O Supremo tribunal Federal (STF) condenou na noite desta quarta-feira, 20, o deputado federal Daniel Silveira (União Brasil-RJ) por 8 anos a 9 meses de prisão. O motivo da condenação foi por ter estimulado atos antidemocráticos ao Poder Judiciário e aos ministros do STF.

 

Dos 11 ministros, dez foram a favor da condenação do deputado.

 

O único que votou contra foi Kassio Nunes. No seu entendimento, o parlamentar não cometeu nem ato contra as instituições.

 

O relator do processo, Alexandre de Moraes, sugeriu que Silveira fosse condenado a 8 anos e 9 meses de prisão, em regime fechado inicialmente. Além do pagamento de multa de 200 mil.

 

Daniel Silveira se tornou inelegível por 8 anos, em decorrência da aplicação da Lei da Ficha Limpa.

 

Já o ministro André Mendonça, sugeriu uma punição de 2 anos e 4 meses, uma multa de R$ 91 mil.

 

Nenhum comentário: