eiro o POVO

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Nota de repúdio - o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral


O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SOBRAL - SINDSEMS vem, por meio desta, repudiar a matéria intitulada “EDUCAÇÃO DO MAL”.

Primeiramente, é importante destacar a absoluta falta de credibilidade da matéria e, principalmente, do repórter que a conduz. Vale lembrar, que a busca pela veracidade dos fatos deve, em qualquer circunstância, ser o escopo a ser alcançado por quaisquer veículos de informação.

Pois bem, não é exatamente o que se constata na débil matéria levada a efeito pelo referido “repórter”, já conhecido pela pouca ou nenhuma credibilidade das matérias que o mesmo veicula.

Fomentada pela mais pura e desprezível politicagem que infelizmente assola nosso município, a matéria, assim como o seu autor, traz à tona informações absolutamente não condizentes com a realidade, maculando a imagem de todos os servidores vinculados à Educação no Município de Sobral.

Com efeito, os respeitáveis resultados alcançados pelo Município devem ser creditados a todos os servidores do magistério público municipal de Sobral, professores, coordenadores pedagógicos, diretores, secretários escolares, merendeiras, vigias etc., que traduzem seu empenho nos relevantes índices alcançados pelos estudantes da rede municipal.

Cumpre lembrar, que as avaliações do SPAECE, e A PROVA BRASIL são avaliações externas aplicadas por avaliadores absolutamente estranhos à Administração Pública Municipal e, portanto, as alegações veiculadas na matéria não condizem com a realidade, conspurcar a imagem de todos os respectivos servidores municipais, atingindo sua honra e trabalho desenvolvido.

Reitere-se que, seguramente, o objetivo da mal versada matéria tem conotação flagrantemente política, todavia o SINDSEMS repudia qualquer tentativa de deslustrar aos servidores públicos municipais de Sobral, especialmente aos profissionais do magistério público que dispõem diariamente da sua dedicação, compromisso e empenho para o alcance dos excelentes índices da educação pública de Sobral.

A matéria é absolutamente falaciosa e sem qualquer credibilidade, possui conotação política, além de ser de péssima qualidade inclusive do ponto de vista jornalístico, aliás marcas registradas do aludido “repórter”. Não representa, pois, nada, a não ser aqueles que a encomendaram, só atingem levianamente a imagem dos profissionais do magistério público municipal, mas que, não obstante, serão recompensados pela via judicial.

Nesse sentido, vem o SINDSEMS repudiar totalmente a matéria denominada “EDUCAÇÃO DO MAL”, por trazer em seu teor alegações absolutamente infundadas, sem qualquer comprovação e, portanto, sem nenhuma credibilidade, reputação já comum ao seu autor, mas que, todavia, mancham a imagem dos servidores do magistério público municipal de Sobral.

Por fim, reafirmamos que único compromisso do SINDSEMS é a defesa dos interesses dos servidores públicos municipais de Sobral filiados ou não.

Atenciosamente,

Gilvan Azevedo Ferreira
Presidente do SINDSEMS.


Postar um comentário