<>

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Agentes de saúde de Sobral fazem paralisação por reajuste de salário

Fotos: Mateus Ferreira

Uma manifestação em frente à Prefeitura de Sobral, na região Norte, reuniu cerca de 213 agentes de combate à endemias para reivindicar questões salariais, conforme a organização do protesto. Ainda segunda os líderes do movimento, ao longo da manhã, cerca de 400 agentes de saúde integraram a paralisação.

“Nós estamos reivindicando o estabelecimento do piso nacional no município de Sobral já que foi efetivada lei. Uma coisa que era pra ter sido estabelecida em janeiro e nada foi definido”, destacou o secretário do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (Sindsems), Tadeu Arruda.

Uma decisão do Congresso Nacional, em outubro de 2018, garantiu o reajuste do piso salarial dos agentes de saúde aprovando o aumento de R$ 1.014 para R$ 1.550 mensais dentro de três anos. O presidente do Sindicato dos Agentes de Endemias, Mário Sérgio, diz que desde janeiro vem negociando com a Prefeitura. “Cabe aos municípios implantar o reajuste do piso. No município de Sobral, o prefeito Ivo Gomes, ainda não mandou mensagem para a Câmara Municipal, por isso que estamos hoje aqui”, pontua.

Conforme Márcio, a Prefeitura está revisando o laudo que aponta a taxa de 40% de insalubridade para as atividades dos agentes de saúde. “A gente não vai aceitar retirada de direitos para poder pagar o piso”, diz o presidente do Sindicato que também informou sobre a normalização do serviço amanhã (24) e que na próxima  semana será decidida a possibilidade de uma greve geral da categoria.
Fotos: Mateus Ferreira
A Secretaria da Saúde de Sobral informou, por meio de nota, que está agendada reunião na próxima terça-feira (28), às 14h, com os agentes de saúde, os agentes de combate a endemias e o secretário da Saúde, Gerardo Cristino. Na ocasião, deve ser apresentada a proposta da Prefeitura aos colaboradores.

Conforme a Secretaria da Saúde, nenhum agente do município recebe menos do que o valor do piso e a quantia paga atualmente por mês em Sobral a esses profissionais é, na verdade, superior ao piso nacional da categoria. Ainda segundo a Secretaria, os agentes também foram beneficiados desde janeiro com o reajuste anual, concedido pela Prefeitura aos servidores municipais, acima da inflação de 3,75%.

A assessoria da Prefeitura de Sobral não comentou sobre a possibilidade de revisão da taxa de insalubridade que os manifestantes indicaram.
  
Reajuste salarial

De acordo com a decisão do Congresso, o reajuste deve ser realizado dentro de três anos e a partir de 2022, o piso deve ser reajustado anualmente com índice a ser fixado na lei de diretrizes orçamentárias.

Janeiro/ 2019 – R$1.250,00

Janeiro/ 2020 – R$ 1.400,00

Janeiro/ 2021 – R$ 1.550,00
*DN/Regional


Nenhum comentário: