<>

sábado, 11 de maio de 2019

Motoristas, alunos e professores enfrentam problemas com estradas na zona rural de Martinópole


Estradas em péssimas condições retratam descaso do poder público com comunidades da zona rural
Estradas sem manutenção e de péssimas condições de trafego estão causando prejuízos para proprietários de veículos escolares e desconforto para os estudantes em Martinópole.

As fortes chuvas que caíram sobre Martinópole provocaram avarias nas estradas vicinais. Os motoristas se queixam de prejuízos com os danos que sofrem os veículos.

Não é correto culpar as chuvas pelos estragos nas estradas. “É a irresponsabilidade dos nossos governantes que leva a este caos. Isso é revoltante, uma coisa que tira qualquer pessoa do sério!”.

Na gestão anterior, o município de Martinópole recebeu máquinas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), 1 retroescavadeira, 1 Pa carregadeira, 1 motoniveladora e 1 caminhão caçamba com o objetivo de recuperar estradas e construir passagem molhada, no entanto, a realidade atual não corresponde a este propósito.

Ainda no inicio do mês de abril, as aulas foram suspensas com a alegação das fortes chuvas. Antes do reinicio do ano letivo, que ocorreu nesta segunda-feira (6), esperava-se que as estradas fossem recuperadas, porém isso não ocorreu.
Os motoristas se queixam de prejuízos com os danos que sofrem os veículos. 
Dezenas de alunos que residem na zona rural e estudam na sede também estão sendo prejudicados. Os motoristas de transporte escolar fazem de tudo para conseguir cumprir os horários estabelecidos.

As estradas vicinais do município estão só buraco e lama, está difícil cumprir os horários”, disse. Motoristas, professores e pais de alunos fazem coro às denúncias.

Veja mais imagens:









Nenhum comentário: