teste

sábado, 15 de junho de 2019

Ameaçado de denúncia a Conselho de Ética, Fernandes reage: “É crime falar a verdade?”


André Fernandes repetiu acusação contra deputados estaduais (Foto: Divulgação)
Ameaçado de convocação no Conselho de Ética da Assembleia em duas ações, o deputado estadual André Fernandes (PSL) reforçou nesta quinta-feira, 13, denúncia da existência de parlamentares do Estado que teriam ligações com facções criminosas.

“Partidos políticos articulam um processo contra mim no conselho de ética por “quebra de decoro” após meu discurso de ontem, onde falei que recebo no meu gabinete diariamente denúncias de supostos deputados envolvidos com facções criminosas”, disse Fernandes, no Twitter.

“É crime agora falar a verdade? Amanhã estarei me pronunciando a respeito disso! Aguardem!”, conclui o deputado. Na manhã desta quinta-feira, 13, o deputado foi alvo de diversas críticas de deputados da Casa, que cobram que Fernandes dê “nome aos bois” da acusação.

“Do jeito que ele falou, todos os deputados estão suspeitos. Então o deputado vai ter que citar nomes (…) não vou aceitar que meu nome e de meus colegas passe como conivente a esse tipo de coisa”, disse Elmano de Freitas (PT). “Se ele não tiver coragem para citar nome, deve ser punido”.

“André é deputado de primeiro mandato, mas inexperiência não é sinônimo de irresponsabilidade, de covardia, de jogar acusações ao vento sem comprová-las”, disse o líder do governo na Assembleia, Júlio César Filho (PDT). “O deputado não é mais só youtuber, ele é deputado e tem responsabilidade”.
O povo/política




Nenhum comentário: