<>

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Advogado é preso ao tentar sair de penitenciária do Ceará com bilhetes para membros de facções criminosas

O suspeito conseguiu sua carteira da OAB há dois anos. Agora os policias querem saber se Alaor Patrício concluiu o curso de Direito com o propósito de atuar para organizações do criminosas.
Um advogado foi preso ao ser flagrado saindo do presídio com quase 20 bilhetes destinados a integrantes de organizações criminosas, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza, no início da tarde desta terça-feira (24). Alaor Patrício Junior, 25 anos, foi autuado por integrar organização criminosa e associação para fins de tráfico de drogas, informou a polícia.

A prisão ocorre em meio a uma onde de ataques incendiários a carros particulares, instalações e transporte público.

O caso ocorreu por volta de 12h, quando Patrício Junior estava saindo da Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL IV), em Itaitinga, onde foi atender a internos. De acordo com Wilson Camelo, delegado titular do município, o advogado entrou com bilhetes na unidade e tentou sair de lá outros.

“Bilhetes fazendo menção ao tráfico de drogas, fuga de presos, retaliação pra quem tá devendo tráfico”, disse o delegado.

Camelo não quis confirmar se as mensagens têm relação com os ataques criminosos ocorridos no estado desde a última sexta-feira (20), mas afirma que eram enviadas por chefes de uma organização criminosa.

Ministério da Justiça oferece vagas, e Ceará transfere 257 presos que comandam ataques criminosos

A Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-Ceará) acompanha o caso e deve se manifestar em breve.

Ainda segundo o delegado, quatro internos envolvidos com o advogado foram identificados. Os cinco homens foram conduzidos para a delegacia e autuados por integrar organização criminosa. O advogado também foi autuado por associação para fins de tráfico. Ele não tinha antecedentes criminais.
G1/CE



Nenhum comentário: