<>

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Polícia investiga se advogado preso fez Direito para trabalhar para facção

O suspeito conseguiu sua carteira da OAB há dois anos.

Matéria publicada no site CNEWS nesta terça-feira, 24, revela que a Polícia Civil do Ceará investiga a relação do advogado Alaor Patrício Junior, 25 anos e uma facção criminosa que atua no Estado. O rapaz foi preso hoje em flagrante, ao tentar sair da Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL IV), em Itaitinga com bilhete dentro da cueca.

O suspeito conseguiu sua carteira da OAB há dois anos. Agora os policias querem saber se Alaor Patrício concluiu o curso de Direito com o propósito de atuar para organizações do criminosas. Ele alega, que alguns colegas de infância se tornaram criminosos e estão na cadeia  e obrigaram  entrega os comunicados para membros que estão fora do presídio.

Em outra oportunidade, Alaor divulgou um vídeo dentro da unidade prisional com suposta colega oferecendo seus serviços advocatícios e  afirmando que pretende soltar preso.



Nenhum comentário: