teste

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Romeu Aldigueri cobra debate sobre a privatização do Parque de Jericoacoara



O parlamentar informou sobre requerimento de audiência pública, de autoria dele, aprovado na Casa, para debater com órgãos e instituições que deverão ser afetadas pela privatização. (Foto: Ascom deputado estadual Romeu Aldigueri)
O deputado Romeu Aldigueri (PDT), cobrou da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (05/12), mais discussões sobre a privatização do Parque Nacional de Jericoacoara, com intenção formalizada por decreto do presidente Jair Bolsonaro, publicado no Diário Oficial da União, da última terça-feira (03/12).

O parlamentar informou  sobre requerimento de audiência pública, de autoria dele, aprovado na Casa, para debater com órgãos e instituições que deverão ser afetadas pela privatização. A data do debate ainda não foi definida.

“É necessário que os governos federal, estadual e municipal, essa Casa, por meio da Comissão de Meio Ambiente, o setor terciário e instituições defensoras ambientais participem desse debate sobre a privatização. Que isso seja feito a várias mãos. Aquelas terras são do Governo do Ceará e isso tem que ser muito bem analisado”, alertou.

Segundo Romeu Aldigueri, essa privatização poderá afetar negativamente o turismo da região de Jericoacoara, correndo o risco de perder status de parque nacional, recebido em 2002, quando o parlamentar estava à frente da superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

“Quando há um parque nacional é chamariz de turistas, como ocorre em Ubajara, com o bondinho, Foz do Iguaçu, com as cataratas e tantos outros que têm no Brasil. Esperamos que não se crie mais um entrave burocrático e se crie mais taxas para quem frequenta aquele local. Não podemos desperdiçar  todo o potencial turístico de Jericoacoara e simplesmente entregar para a iniciativa privada, esquecendo que muitas famílias sobrevivem do turismo”, acrescentou.
Com informações via Roberto Moreira


Nenhum comentário: