teste

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Granja/CE: Jovem supostamente torturado morreu por asfixia


O jovem Antônio José da Costa, de 23 anos, morador de Timonha, zona rural de Granja, teria morrido por asfixia. A informação foi repassada ao blog pelos familiares.

A família acusa o BPRaio de Granja de ter torturado Antônio até a morte.

Em nota, emitida somente 48 horas após o caso, ocorrido na quarta-feira (29), o BPRaio afirma que o caso está sendo apurado pela Polícia Civil e Polícia Militar.

De acordo com a versão dos policiais, Antônio José, com as mãos algemadas para trás, conseguiu sair correndo de dentro de sua casa, no momento em que estava sendo revistada, passou despercebido pelos policiais que estavam de vigia e pulou numa cisterna, onde teria morrido por afogamento. A versão tem causado perplexidade nas redes sociais.

Antônio Costa não tinha antecedentes criminais e nem mandado aberto contra ele. O jovem trabalhava em um depósito de material de construção, em Timonha e foi abordado quando retornava do almoço. A casa, logo após ter Antônio José ter chegado já morto na UPA de Granja, teria sido arrombada e totalmente limpa, principalmente o cômodo em que Antônio estava sendo interrogado.

A família reafirma que Antônio foi torturado com saco plástico na cabeça e afogamento em um recipiente com água. Resto de vômito teria sido encontrado no local. O suposto caso de tortura, em pleno século 21, vem causando revolta entre os Granjenses.
*Com informações Camocim Online



Nenhum comentário: