teste

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

PMs não aceitam nova proposta do Governo e Justiça decreta preventiva de 43 policiais desertores


Polícias militares paralisados há 11 dias no Ceará rejeitaram, em assembleia na noite desta quinta-feira, 27, a contra proposta do Governo do Estado para finalizar o movimento grevista.

No mesmo momento,  a Justiça decretou a prisão preventiva de 43 PMs por crime de deserção.

A ação foi do juiz de Direito Roberto Soares Bulcão, da 17 Sétima Vara Criminal da Comarca de Fortaleza, Vara de Custódia, convertendo em preventiva a prisão em flagrante dos militares, alegando que, "a conduta dos investigados, criando uma gama de deserções, revelando grave comprometimento dos primados da hierarquia e disciplina militares ".
*O intrigante


Nenhum comentário: