teste

quinta-feira, 5 de março de 2020

Concurso do IBGE abre mais de 8 mil vagas no Ceará

Para as vagas de agente censitário municipal, a carga horária é de 40 horas semanais, sendo 8h diárias. A remuneração mensal é de R$ 2.100 (Imagem: reprodução) 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu mais de 8 mil vagas para concurso no Ceará para a realização do Censo Demográfico 2020. Os salários são de até R$ 2.100. No total, são 208.695 mil vagas temporárias para todo país.

A taxa para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet.
As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de pelo menos três meses, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Os profissionais contratados temporariamente terão direito a férias e 13º salários proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido pelo edital.

Os recenseadores são os profissionais que irão visitar todos as residências do país, entrevistando seus moradores. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados. No site do IBGE há um simulador onde os candidatos podem verificar a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país.

Para as vagas de agente censitário municipal, a carga horária é de 40 horas semanais, sendo 8h diárias. A remuneração mensal é de R$ 2.100. No caso dos agentes censitários supervisores, a jornada de trabalho é de 40h semanais, sendo 8h diárias. A remuneração é de R$ 1.700 mensais

Candidatos se inscreverão para áreas de trabalho específicas

As vagas desse processo seletivo estão distribuídas por todos o país. Nos municípios maiores e em áreas remotas, as vagas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo.

O ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde irão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.

Confira os editais:



Nenhum comentário: