teste

terça-feira, 14 de abril de 2020

15% das vítimas de Covid-19 em Fortaleza morrem logo após 1º atendimento no hospital ou em casa


Prefeito Roberto Cláudio alertou população para buscar hospital logo após sentir os primeiros sintomas da doença (Foto: reprodução UOL Noticias)
O prefeito Roberto Cláudio anunciou na noite desta terça-feira (14) por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais que a prefeitura de Fortaleza vai iniciar patrulhas dentro dos bairros para manter o isolamento social e ressaltou que é importante que as pessoas com mais de 60 anos procurem as unidades de saúde nos primeiros sintomas gripais.

"A partir desta quarta-feira (15) vamos iniciar patrulhas por dentro dos bairros, nas ruas, orientado as pessoas que estejam em calçadas ou em espaços públicos para que retornem para dentro de suas casas. A gente está com preocupação que podem ser epicentro de contaminação mais severa bairros como Grande Mucuripe, Serviluz, Cais do Porto, Cristo Redentor, Barra do Ceará e Vila Velha", disse. A Guarda Municipal vai começar a fiscalização no Vicente Pinzon, depois, Barra do Ceará e Vila Velha.

Roberto Cláudio afirmou ainda é importante evitar a demora em procurar a rede de saúde no caso de pessoas acima de 60 anos. "É muito importante estimular a busca precoce pelo serviço médico em casos específicos. Eu digo isso porque tem um dado que é preocupante: 15% dos óbitos até agora na cidade, desses 85 que tínhamos até o meio-dia de hoje, foram óbitos que aconteceram ou dentro de casa, sem qualquer atendimento médico ou de pessoas que procuraram o serviço já em parada cardiorrespiratória. Então a busca demorada pelo primeiro atendimento médico pode ser um fator de prognóstico importante para o desfecho clínico", disse.

Leitos de UTI

Quase 90% dos leitos de UTI estão ocupados no Ceará, segundo o secretário Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, da Secretaria da Saúde do estado (Sesa). Novos 160 leitos foram implantados no estado nas últimas três semanas, e a previsão é garantir 690 leitos de terapia intensiva extras, afirmou o secretário, em coletiva nesta terça-feira (14).

Só em Fortaleza há 245 pessoas internadas por Covid-19. Em todo o Ceará, são 120 internações em UTIs por causa da doença, informou o secretário.

"Se houver saturação desse sistema, mais uma vez vamos ter um aumento da mortalidade. À medida que você sai dos bairros com maior estrutura social pros bairros com menor estrutura e pro restante dos municípios do Ceará, estamos assistindo um aumento na mortalidade", disse Dr. Cabeto.
*Informações G1


Nenhum comentário: