teste

quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Anvisa aprova primeiro spray nasal para tratamento de depressão

 

Um spray nasal, desenvolvido pela americana Janssen, farmacêutica na empresa Johnson & Johnson, foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para tratamento de depressão. Composto por cloridrato de escetamina, o medicamento, em conjunto com os remédios por via oral, mostrou uma redução significativa dos sintomas de depressão, já após 24h da primeira dose.

 

As informações são da Revista Exame.

 

Indicado para pacientes com ideação suicida aguda e depressão resistente, ou seja, que não responderam aos tratamentos anteriores, o medicamento indicou que 51% dos pacientes tiveram menos risco de recaída, a longo prazo. O medicamento será administrado apenas com orientação médica, em hospitais e clínicas.

 

Alguns dos efeitos colaterais relatados são: sensação de embriaguez, sentido reduzido do toque, ansiedade, visão embaçada, tontura, náusea e vômito.

 

O Brasil é o maior país da América Latina em casos de depressão, com 5,8% da população diagnosticada com a doença, segundo a Organização Mundial de Saúde. A depressão é a doença psiquiátrica com maior prevalência no País.

*Ceará Noticias




Nenhum comentário: