teste

quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Martinópole/CE: Candidato entra na disputa “por vontade de trabalhar e ouvir população”

 


O jovem Dione Smith, 37 anos, vê nas eleições municipais deste ano uma oportunidade de renovar a política na cidade. Pautado na transparência e na vontade de fazer diferente em relação aos hábitos dos velhos nomes da política, ele entrou na disputa e diz que pretende lutar pelos direitos da população, caso seja eleito.

Candidato pela primeira vez, Dione diz estar preparado para lutar pela população de Martinópole. “Sendo eleito, quero mostrar trabalho para a população, mostrar que é possível o vereador ter contato direto com os munícipes. Quero fazer diferente, ter um olhar diferente em prol de todos porque estamos precisando de renovação”, destaca.

Empresário, Dione Smith é proprietário de uma empresa de serviços de despachante documentalista. Atua diretamente em órgãos como o Detran, com funções mais administrativas relacionadas às práticas internas com veículos. Alguns exemplos são o agenciamento de documentos e verificação dos papéis em órgãos municipais, federais e estaduais.

Em datas comemorativas como o dia das crianças, ele tem doado brinquedos para as crianças, assim como na semana santa distribui pães e cestas básicas para pessoas carentes. “Eu ajudo da forma que eu posso. A gente sabe que essa ajuda ameniza a fome dessas pessoas. Como vereador, pretendo trabalhar para ajudar ainda mais essas pessoas pouco vistas pelas autoridades”, disse.


Umas das novidades do candidato é o canal de comunicação direto que ele pretende criar para a população poder entrar em contato com seu gabinete. “Todas as demandas serão anotadas e o pedido de providências protocolado. A população vai ter contato diretamente comigo. Pretendo fazer o mapeamento dos bairros e localidades da zona rural de Martinópole, para todo mês atender um bairro ou uma localidade diferente”, prometeu Dione.

Segundo Dione, seu diferencial entre os demais candidatos é a vontade de trabalhar, estar nas ruas ouvindo cada morador. “É que por eu ser independente, eu gosto de estar ativo no dia a dia. Tenho muita energia, quero trabalhar, tenho muita vontade de ajudar as pessoas”, finalizou o candidato.

 Saiba mais clicando (AQUI)



Nenhum comentário: