quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Comandante da Guarda Municipal de Granja é denunciado por agressão

 

Um vídeo, circulando nas redes sociais, mostra o momento em que o agente público tenta impedir que a jovem permaneça com o estabelecimento comercial aberto

Uma denúncia por agressão foi registrada na Delegacia Regional de Polícia Civil de Camocim, Litoral Oeste do Ceará, contra o comandante da Guarda Municipal de Granja. 

Debora Maria, 22 anos prestou queixa por lesão corporal contra o Secretário Municipal de Segurança Pública de Granja, SGT Inácio Magalhães, na última sexta-feira (22). De acordo com a jovem e conforme consta no BO, ela estava no ponto comercial (lanchonete) que pertence a seu pai quando Inácio chegou e entrou querendo retirar a bicicleta e fechar as portas da lanchonete, ela tentou impedir, Inácio segurou seus braços e a empurrou, nesse momento o pai dela chegou e Inácio saiu do local. A jovem procurou a delegacia de Policia Civil e representou queixa crime contra Inácio Magalhães pela agressão sofrida.

 

Ainda conforme o BO, a vítima disse que o motivo de Inácio ir até a lanchonete e fechar as portas a força é porque a Prefeitura daquele município havia solicitado a desocupação do imóvel (quiosque), porém  o pai de Debora ainda estava no prazo de desocupar o imóvel.

 

Um vídeo, circulando nas redes sociais, mostra o momento em que o agente público tenta impedir que a jovem permaneça com o estabelecimento comercial aberto. Conforme exame de corpo de delito, realizado pela Policia Civil, houve agressão corporal.

Para a vítima, o comandante da Guarda Municipal de Granja, cometeu abuso de poder, usando o distintivo da PM sendo que o mesmo não estava exercendo seu ofício como policial militar.

 

A Prefeitura de Granja não se manifestou sobre o ocorrido, entretanto, consta na pagina da Secretaria de Segurança Pública e Defesa da Cidadania de Granja, no Facebook, apenas um compartilhamento de uma postagem de um blog conhecido na região por atacar gestões de NÃO aliados do deputado estadual Romeu Aldigueri ou Romeu Arruda e defender aliados políticos do dito parlamentar.



 

Ainda sobre o caso

 

Conforme informação obtida pelo Acontece, há vereadores na cidade de Granja que suspostamente apoiam a ação descabida da gestão municipal, que na “calada da noite” arrombou o equipamento público e recolheu os pertences do comerciante sr. Paulo Sérgio sem ordem judicial.


O vereador Caio de Sá Fontenele (PL), apresentou na Câmara Municipal de Granja, nesta terça-feira 26, Manifesto de Protesto em desfavor da vereadora Maria do Livramento Oliveira. A edil havia prestado apoio e solidariedade ao senhor Paulo e sua filha quando tiveram seus bens retirados da lanchonete de forma ardilosa e silenciosa durante a madrugada.

O Acontece deixa o espaço a disposição para os citados nesta publicação se manifestarem se assim acharem necessário.

WhatsApp (88) 98849-5329

 


Nenhum comentário: